Descubra agora qual a melhor atividade física para quem tem osteoporose

A primeira vista, algumas condições de saúde podem dificultar muito a prática de exercícios, como no caso da osteoporose. Porém, felizmente existem formas de se manter ativo mesma nessas condições, através dos treinos adequados. Portanto, o SaúdeLab vai te ensinar qual a melhor atividade física para quem tem osteoporose.

A princípio, a osteoporose é uma doença que gera o enfraquecimento dos ossos do corpo. Isso compromete a movimentação e aumenta a possibilidade de fraturas, especialmente no quadril e na coluna. Logo, é mais complicado realizar exercícios sob essas condições, mas não é impossível.

Melhor atividade física para osteoporose

Antes de mais nada, a osteoporose é uma doença com diversos graus de acometimento. Logo, é sempre muito importante consultar médicos especialistas antes de realizar atividade física. Por outro lado, geralmente a melhor atividade física é aquela que engloba exercícios de flexibilidade e estabilidade, treinos de força supervisionado e atividades aeróbicas com baixo impacto para as articulações.

Fazer caminhadas

Conforme foi dito, a osteoporose aumenta a fragilidade dos ossos. Porém, a caminhada é um tipo de exercício que, além de não ser pesado, aumenta a densidade óssea. Ou seja, ela confere mais resistência a eles, reduzindo a possibilidade de possíveis fraturas.

Ademais, esse exercício também ajuda a aumentar o equilíbrio e coordenação, o que reduz o risco de quedas. Comece a praticar com intervalos de tempo menor e vá aumentando aos pouco, o importante é se movimentar com segurança.

Qual a melhor atividade física para quem tem osteoporose?
Venha conferir a melhor atividade física e exercícios para quem possui osteoporose. Foto: Pixabay

Hidroginástica é bom?

A hidroginástica é uma ótima opção para quem tem osteoporose, pois, é um exercício de baixo impacto por ser feito dentro d’água. Além de fortalecer a musculatura a prática frequente melhora o condicionamento físico, alivia as dores e ajuda no controle do peso.

Exercitar através de danças

Por incrível que pareça, a dança é um exercício que ajuda na prevenção da osteoporose e manutenção da saúde. Além de melhorar a circulação dos vasos e do coração, os movimentos atuam sob os ossos do quadril, pernas e coluna. Essa forma de atuação diminui a perda dos minerais presentes nos ossos.

Treinos de musculação

A princípio, essa modalidade é uma excelente escolha para prevenir a osteoporose. Os exercícios de musculação não exercem tensão apenas nos músculos, mas também nos ossos do corpo. Assim, eles são ótimos para o aumento da densidade e força dos ossos. Ademais, no caso de levantamento de peso, a formação dos ossos também é beneficiada, porém, é preciso avaliar se sua condição física permite antes de praticar, caso a doença esteja instalada no corpo.

Principais contraindicações

Por fim, ao mesmo tempo que a melhor atividade física precisa seguir alguns conceitos, também existem aqueles que precisam ser evitados por pessoas com osteoporose. No caso, exercícios com muito impacto ou que apresentam movimento de torção e flexão ficam fora da lista dos permitidos. Isso ocorre pois esses tipos de exercícios podem causar fraturas, através da força e compressão exercidas sobre os ossos.

Após saber as dicas de hoje, fuja do sedentarismo para evitar complicações ósseas e tenha mais saúde física e mental praticando exercícios diariamente.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitarconsulte Mais informação