Chá de Oliveira: você sabe para que serve? Confira agora!

Vem conosco para aprender a preparar o chá da forma correta e aproveite todos os seus benefícios

De nome científico Olea europaea, a oliveira é uma árvore abundante na região do mediterrâneo, conhecida por produzir as famosas olivas, ou como conhecemos popularmente, as azeitonas. O que poucos sabem, porém, é que, de suas folhas, podem ser preparados poderosos chás, com diversos ativos que beneficiam a nossa saúde. Desse modo, veja hoje no SaúdeLab tudo que você precisa saber sobre o chá de oliveira!

Portanto, continue conosco para aprender a preparar o chá da forma correta e confira também todos os benefícios que ele pode proporcionar, incluindo a redução de gordura do organismo. Além disso, veja também as indicações de uso e os possíveis efeitos colaterais e contraindicações desta planta medicinal. Assim, esteja atento e, para todos os casos, siga as orientações de um médico especialista.

Os benefícios do chá de oliveira

O chá de oliveira é preparado com as folhas da árvore, que podem ser encontradas em casas de produtos naturais. Desse modo, elas são ricas em componentes químicos importantes para o organismo, como o ácido palmítico, a oleína, a colesterina, o ácido benzoico e o manitol, dentre outros. Portanto, veja agora como tais substâncias se traduzem em benefícios para você!

folhas de oliveira e azeitona
Veja os benefícios do chá de oliveira para a sua saúde. Fonte: Canva.

06 Benefícios incríveis

1 – Redução da gordura na região abdominal

O chá de oliveira tem o poder de abaixar os níveis de açúcar no sangue, controlando a produção de insulina no corpo. De acordo com estudos, este processo faz com que haja um menor acúmulo de gordura localizada na região abdominal. Ademais, sua ingestão acaba controlando o pico glicêmico, o que fará você sentir menos fome e consumir menos calorias.

2 – Auxílio no tratamento de problemas gastrointestinais e hepáticos

A folha da oliveira também pode ser usada na forma de chá para acalmar e reter desordens gastrointestinais, como indigestão, gastrite, colite, úlcera péptica, azia e prisão de ventre. Além disso, seu consumo também estimula a produção de bile, processo que é vantajoso para quem possui problemas no fígado ou na vesícula biliar.

3 – Controle da pressão alta

O chá de oliveira auxilia no relaxamento dos vasos sanguíneos, ajudando a reduzir a pressão alta. Nesse sentido, ele pode ser utilizado como tratamento complementar para casos de pacientes que sofrem de problemas como arritmias, angina, hipertensão e problemas circulatórios.

4 – Redução de inflamações

Alguns estudos mostraram que a folha de oliveira possui ação anti-inflamatória semelhante à de medicamentos como o ibuprofeno. Dessa forma, o chá da planta pode ser consumido por pessoas que querem reduzir e aliviar os sintomas de diversos tipos de inflamação no corpo.

5 – Ajuda a pacientes com diabetes

O chá de oliveira também oferece uma excelente ação de controle hipoglicêmico, pois alguns ativos presentes em sua composição auxiliam na redução dos níveis de açúcar no sangue. Assim, apesar de não substituir o tratamento regular contra a diabetes, a bebida acaba protegendo o organismo contra os picos de glicose no sangue.

6 – Auxílio no tratamento do câncer

As folhas de oliveira contêm antioxidantes poderosos, como o ácido cafeico, o tirosol e oleuropeína, que protegem as membranas celulares contra a ação dos radicais livres. Nesse sentido, além de prevenir o envelhecimento precoce, o chá de oliveira também combate certos tipos de câncer, como o de mama e a leucemia.

Como fazer o chá

Ingredientes

  • 1 colher de sopa de folhas frescas de oliveira picadas;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo

Ferva a água e, quando ela estiver a ponto de ebulição, transfira-a para um recipiente. Em seguida, adicione as folhas de oliveira, tampe o local e aguarde por cerca de 15 minutos. Por fim, basta coar e beber o chá, por, no máximo, 3 vezes ao dia. Do mesmo modo, caso goste do sabor, você também pode adicionar azeitonas à mistura, que oferecerão uma ação antioxidante ainda maior.

Efeitos colaterais

Se consumido de forma excessiva, o chá de oliveira pode gerar alterações no fígado e na vesícula biliar, hipotensão arterial e diarreia.

Quem não deve consumir o chá

O chá de oliveira não deve ser consumido por gestantes e lactantes. Do mesmo modo, se você possui pressão alta, diabetes ou patologias no fígado e na vesícula biliar, é necessário consultar um médico para avaliar qual a quantidade certa para a ingestão da bebida no seu caso.

Ademais, salientamos que o chá de oliveira não substitui os tratamentos médicos regulares e deve ser ingerido de acordo com orientação médica.

Fique por dentro também: Chá de Macela é ótimo para quem sofre com dores no corpo e tem mais benefícios

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitarconsulte Mais informação