Quais os primeiros sintomas de gordura no fígado? Entenda as causas e como evitar complicações

Os sintomas da doença hepática podem ser difíceis de detectar, especialmente no início. Veja como se prevenir!

A expressão ‘fígado gordo’ é bem mais comum de se ouvir nos dias atuais, pois a alimentação e hábitos de vida estão bem precários na maior parte da população e causando obesidade. Infelizmente, as doenças no fígado, muitas causadas pelo excesso de peso, não acontecem só com adultos ou idosos, mas em crianças e adolescentes também. O SaúdeLab traz as principais informações sobre o assunto e as dicas de saúde para manter seu organismo sadio e bem protegido. Conheça os primeiros sintomas de gordura no fígado e procure um médico o quanto antes para o melhor tratamento previsto.

O que causa gordura fígado?

O fígado é um órgão nobre responsável por inúmeras funções no organismo. Dentre as quais, o metabolismo dos nutrientes é de extrema importância para um corpo saudável. Ele fica localizado do lado direito do abdome superior, bem próximo das costelas. Quando fica adoecido alguns sintomas podem surgir, mas na maioria das vezes passa despercebido.

A porcentagem de gordura que tem num fígado saudável gira em torno de 5 a 10% de peso total. Porém, quando ingerimos bebidas alcóolicas em excesso, carboidratos finos, além de alimentos pouco nutritivos como doces e refrigerantes, o açúcar se transforma em gordura, que por sua vez acumulam no fígado.

Outrossim, sedentarismo, uso indiscriminado de medicações e descontrole do peso (emagrecer rápido ou engordar) entram na lista de causas.

A gordura no fígado pode ser classificada em Grau 1, Grau 2 e Grau 3, a gravidade depende da quantidade de gordura acumulada em cada estágio da doença.

Leia também: Chá de Pau Tenente é bom para o fígado e tem mais benefícios; conheça

Como surgem os primeiros sintomas de gordura no fígado

Os sintomas dessa doença hepática podem ser difíceis de detectar, especialmente no início. Segundo um estudo recente, cerca de 6% a 7% da população mundial tem fibrose hepática sem saber, por ser assintomática. Conhecida no mundo acadêmico como Esteatose hepática, a gordura é um distúrbio sério e precisa ser combatido urgentemente.

As pessoas geralmente não sabem que têm um problema de fígado e, muitas vezes descobrem em exames de rotina ou emergenciais, quando precisam ir ao médico. Nesse sentido, sintomas que ocorrem tendem a ser inespecíficos e frequentemente estão associados a outras doenças, alimentação e hábitos comportamentais. A taxa na qual a doença se desenvolve varia entre os indivíduos. Muitas vezes depende da predisposição e/ou composição genética da pessoa.

5 Sintomas comuns de gordura no fígado

Fibrose precoce

À medida que o fígado fica mais irritado e inflamado, os sintomas começam a se manifestar e, a fibrose, é o primeiro estágio da doença hepática. Este termo é usado para descrever cicatrizes leves que ocorrem quando o fígado é repetidamente ou continuamente danificado ou inflamado.

Mas essa condição pode ser revertida se detectada precocemente se forem tomadas medidas para evitar mais danos, como tratamentos e/ou mudanças no estilo de vida.

Veja também: Alimentos processados e enlatados podem causar gordura no fígado, veja agora

primeiros sintomas de gordura no fígado e sua evolução
Dessa maneira, entenda os estágios de evolução de um fígado doente. Fonte: Adaptação Canva PRO

 

A propósito, identificar e tratar a causa geralmente pode reverter a fibrose precoce. Se o dano for repetido ou contínuo (como ocorre na hepatite crônica de longa duração), as células do fígado tentarão se reparar, mas essas tentativas podem levar ao desenvolvimento de tecido cicatricial.

Consequentemente, pode ocorrer fibrose avançada e evoluir para cirrose.

Pessoas com fibrose podem sentir, em primeiro momento:

  • Fadiga extrema;
  • Perda de peso inexplicável e perda de apetite;
  • Vômitos ou sensação de enjoo (náuseas);
  • Coceira na pele;
  • Dor de estômago ou estômago inchado;
  • Urina amarela escura e diarreia e/ou olheiras;
  • Tendência a sangrar ou machucar facilmente;
  • Inchaço das pernas, tornozelos e pés causado pelo acúmulo de líquido (edema);
  • Mudanças de personalidade, confusão mental, dificuldade de concentração, perda de memória ou alucinações.

Icterícia

Pois bem, a cor da pele pode ficar alterada quando o fígado está doente. E quando é icterícia, um tom amarelado se estabelece por todo o corpo por causa da bilirrubina não processada pelo fígado, ficando livre na corrente sanguínea.

Dor abdominal

Outro sintoma são dores abdominais provocados pela inflamação e podem surgir também após as refeições. A sensação de empachamento, má digestão e azia são comuns em fígado gorduroso.

Apatia

Sentir apático, ou seja, desanimado, sem energia e sempre muito cansado na maior parte do tempo pode ser sinal de que seu fígado não está bem. Vale a pena investigar.

Alteração de apetite

É comum ter alterações de apetite e, nesse caso, a falta dele. A alimentação passa a ser um problema e consequentemente vem a perda de peso e até mesmo desnutrição. Náuseas e vômitos também podem acompanhar esse quadro.

Como evitar complicações?

Como citamos acima, as causas diversas e muitas estão relacionadas a hábitos alimentares e modo de viver. Assim, tente eliminá-las ao máximo para reverter a gordura no fígado.

  • Faça exercícios físicos regulares e controle o peso corporal.
  • Controle a ingestão de bebidas alcóolicas.
  • Evite usar medicações por conta própria, principalmente anti-inflamatórios.
  • Faça escolhas saudáveis na sua dieta alimentar, por exemplo, evite comidas gordurosas e alimentos à base de farinhas brancas.
  • Beba água, no mínimo 2 litros ao dia.

Essas são algumas medidas que todos podem adotar. lembre-se de fazer seu controle médico anual e manter os cuidados essenciais com sua saúde em dia.

Como diminuir a gordura no fígado

Confira as informações do Dr. Juliano Piunti Teles – Gastrocirurgião CRM 90.412/SP – e tenha um fígado mais saudável.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitarconsulte Mais informação