Amendoim é inflamatório? Entenda melhor em quais ocasiões ele deve ser evitado

Existe muita polêmica sobre como o amendoim é capaz de impactar a nossa saúde

A princípio, o amendoim é o tipo de alimento que serve para quase todo tipo de ocasião. Ele é um ótimo petisco e lanche, mas também é extremamente versátil em receitas na cozinha. Porém o que realmente precisamos levar em consideração é como ele afeta nossa saúde. Sob esse ponto de vista, venha com o SaúdeLab, entenda se o amendoim é inflamatório e fique por dentro das suas propriedades.

O nosso organismo realiza processos inflamatórios constantemente. Eles são necessários para a manutenção de diversas atividades. Mas a partir do momento em que eles são desequilibrados, eles passam a representar diversos riscos. No caso, inflamações no corpo podem causar muitas doenças, além de prejudicar a cicatrização da pele.

Principais efeitos do amendoim na saúde

  • Promove o bem-estar e bom humor: por incrível que pareça, o amendoim é fonte de triptofano, um químico que ajuda na produção de serotonina. E a serotonina por sua vez é um componente do organismo que garante uma maior sensação de bem-estar.
  • Tem ação antioxidante: alimentos antioxidantes são capazes de combater os radicais livres, que são causadores do envelhecimento precoce e de doenças neurodegenerativas.
  • Mantém o coração protegido: um dos compostos antioxidantes do amendoim é o resveratrol. Além de combater os radicais livres, ele também é capaz de reparar algumas lesões no coração.
  • Favorece a saúde muscular:  o amendoim também é rico em alguns minerais, especificamente o potássio e o magnésio. Eles são indispensáveis, respectivamente, para que o músculo realize suas contrações e para o fortalecimento deles no geral.

Leia mais: Amendoim cru faz mal? Descubra a forma correta de consumir

E o amendoim é inflamatório mesmo?

Agora que você conhece algumas das propriedades do amendoim, resta apenas saber se ele de fato pode causar inflamações no organismo. Geralmente, alimentos  ricos em gorduras, sal, açúcar ou óleos refinados são os principais responsáveis por inflamações graves. Nisso, muitas pessoas acabam interpretando que o amendoim é inflamatório por causa da sua riqueza em gorduras, mas na prática não é simples assim.

As gorduras presentes no amendoim são completamente diferentes das que realmente causam inflamações. Inclusive são gorduras como as dele que exercem efeitos anti-inflamatórios no organismo, Elas podem ser encontradas no azeite, gergelim, peixes, abacate e em outras oleaginosas. Sob esse ponto de vista, não há como nós afirmarmos que o amendoim é inflamatório para o organismo, pelo menos não por si só.

Fique atento com o tipo de amendoim 

Atualmente, podemos encontrar e consumir o amendoim de incontáveis formas. Uma das mais comuns é o amendoim salgado, que muitas vezes é industrializado. Nesses casos, o amendoim é inflamatório de fato, já que sofre com a adição de sal, conservantes e outros compostos inflamatórios.

O mesmo pode ser dito do amendoim com chocolate e de doces feitos com amendoim, tendo em mente que o açúcar também é outro composto com forte potencial inflamatório. Sendo assim, a maneira mais segura de consumir o amendoim e de garantir que ele não seja inflamatório é optar pelo amendoim cozido ou in natura.

Leia mais: Babosa puxa inflamação? Conheça as suas utilidades na pele e saúde

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Consulte mais informação