Coceira nas pernas ao correr; o que significa esse sintoma? Clica aqui para descobrir

Entenda se as causas são graves e saiba o que fazer para resolver

Sem dúvidas, as caminhadas e corridas são formas excelentes de se exercitar e manter a saúde. Contudo, é muito comum que, durante ou após esses exercícios, comecemos a demonstrar uma coceira nas pernas, o que gera algumas suspeitas. Portanto, venha com o SaúdeLab e entenda melhor a coceira nas pernas ao correr e o que esse sintoma pode ser.

Em termos gerais, depois de um grande esforço físico, costumamos ficar exaustos e com dores no corpo, especialmente quando se trata de uma nova rotina de exercícios. Entretanto, sentir coceira nas pernas depois de uma corrida é uma situação um pouco diferente, e que pode causar algumas preocupações.

Coceira causada por vasodilatação

A princípio, existem diversas causas para a coceira nas pernas durante corridas. Uma delas é a vasodilatação, que é nada mais do que a dilatação dos vasos sanguíneos. Esse fenômeno é responsável por aumentar a circulação de sangue no organismo, a fim de oferecer mais energia, oxigênio e nutrientes para os determinadas áreas. Ademais, isso também pode ocorrer na pele para realizar trocas térmicas e evitar um superaquecimento.

Durante os exercícios, os músculos são utilizados com maior esforço, aumentando a necessidade por recursos. Assim, a vasodilatação exerce um papel importante para fornecer esses recursos, fazendo dela um fenômeno bastante normal durante a prática de atividades físicas. Durante uma corrida, mais sangue é circulado para suprir as necessidades nas pernas, e essa ação pode causar uma coceira na região.

Urticária colinérgica e dermatite de contato

Ao praticar algum exercício físico, o corpo costuma liberar determinadas substâncias. Estas podem causar a urticária colinérgica, um tipo de alergia que causa coceira e vermelhidão. Ela não é uma condição constante, porém pode ocorrer tanto em iniciantes quanto em pessoas mais experientes em corridas. Em alguns casos, pode ser necessário o uso de antialérgicos.

Sob esse ponto de vista, existe outra condição bastante similar que também causa coceira nas pernas. No caso, é a dermatite de contato, que apesar de não ser uma alergia de fato, causa tanto coceira quanto vermelhidão em determinadas áreas. Geralmente, ela é causada pelo contato da pele com tecidos, especialmente sintéticos, e determinados produtos de higiene. Contudo, também pode desencadear a partir de atrito ou até mesmo do suor.

Como amenizar a coceira nas pernas?

Tendo em mente as principais possíveis causas para a coceira nas pernas durante exercícios, é possível adotar algumas medidas de combate contra esse sintoma. Entretanto, essas medidas vão variar de acordo com a causa. Por exemplo, a coceira começou após o contato ou uso com algum produto ou tecido, estes precisam ser trocados.

Por outro lado, no caso de urticária colinérgica, pode ser necessário usar produtos antialérgicos, e estes precisam ser indicados pelo médico, combinado?!

E para prevenir a coceira nas pernas, certifique-se de sempre mantê-las bem hidratadas, com os produtos apropriados. Ademais, busque utilizar roupas do tipo “segunda pele”, que oferecem cuidados importantes para evitar esse sintoma. Por fim, para reduzir o suor produzido, dê preferência por treinar em horários menos quentes, como o começo ou final do dia.

Leia mais: Jogar Vídeo Game Queima Caloria? Veja O Que Dizem As Pesquisas

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitarconsulte Mais informação