Como higienizar a boca após extração de dentes? Esses 3 passos não podem faltar

Tenha muito cuidado com a força e movimentos e saiba a maneira correta para evitar complicações no pós procedimento

A princípio, higienizar a boca é um hábito essencial para a saúde bucal, especialmente depois de extrair algum dente. Contudo, nesse caso, é preciso adotar alguns cuidados extras quanto a higienização. Com isso, o SaúdeLab vai te ensinar a como higienizar a boca após extração de dentes.

De antemão, a extração de dente é um procedimento bastante comum, podendo ocorrer por razões diversas. Porém, muitas das pessoas fazem uma extração não sabem de todos os cuidados que a boca passa a precisar. Mesmo que elas já mantenham bons cuidados de higiene, ainda podem faltar alguns detalhes importantes.

Dicas para higienizar a boca após extração

A primeira vista, a extração de dente pode dificultar um pouco o processo de higienização da boca. Porém, depois de aprender as orientações corretas, a manutenção da saúde bucal se torna muito mais fácil. Sob esse ponto de vista, o primeiro passo para poder higienizar a boca sem problemas é ter a disposição uma escova nova macia, um espelho, cotonetes e um enxaguante bucal sem álcool.

Primeiramente, sempre que você for escovar os dentes, tenha muito cuidado com a força e movimentos. Reduza um pouco a quantidade de creme dental, e faça o processo de frente para o espelho, com bastante atenção. Com um cotonete molhado de enxaguante bucal, você pode remover quaisquer restos que possam estar alojados no local da extração. Ao final do processo, você não deve bochechar, apenas banhar toda a boca com água.

Cuidados importantes além da higienização

De maneira geral, diversos fatores, além da limpeza, são responsáveis por uma boa recuperação da extração. Um deles é o repouso, que deve ser feito desde o término do procedimento. Ou seja, durante a recuperação, tente evitar fazer muito esforço físico. Porém, também não se esqueça de se medicar conforme as prescrições médicas.

A temperatura é outra constante que possui influência direta na recuperação. No caso, ao se expor a algum tipo de calor estimula a circulação do sangue, o que pode levar a algum sangramento e até mesmo um infecção. Sob esse ponto de vista, além de evitar o calor, é preciso realizar compressas de gelo, especialmente nas primeiras 24hrs. Assim, os vasos sanguíneos são contraídos, evitando sangramentos, inchaços e hematomas.

Hábitos alimentares auxiliam na recuperação

Por fim, a alimentação é outro grande fator que pode prejudicar ou ajudar na recuperação. Afinal, os alimentos que ingerimos percorrem toda a nossa boca, o que inclui a área afetada pela extração. Nas primeiras 24hrs, evite ao máximo consumir alimentos quentes e muito sólidos. O mesmo vale para o consumo de bebidas alcóolicas e produtos com tabaco.

Tendo em mente o que deve ser evitado, tente dar preferência por alimentos frios de consistência pastosa ou líquida, além de manter uma boa hidratação. Felizmente, existem diversas opções, como leite, sucos, sorvetes, açaí e similares. Passada as 24hrs, você pode começar a consumir alimentos mais consistentes e mornos, como macarrão, omelete e purês.

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitarconsulte Mais informação