Você sabe como escolher o melhor termômetro?

melhor termômetro

Termômetros são uma ótima ferramenta para monitorar febre e variações de temperatura corporal

Procura saber como escolher e comprar o melhor termômetro? Nesse artigo você vai ficar a saber onde comprar termômetros online, preço de termômetro, melhores marcas e muito mais. É importanter ter em casa um termômetro para medir temperatura.

Então você precisa saber quanto custa um termômetro e ainda como comprar termômetro.

Melhor Termômetro 2018

 

bêbê

A febre é uma reação do organismo a algo que não está bem no seu corpo. É através da medição de temperatura que alguns problemas de saúde podem ser previstos e tratados, por isso um termômetro de alta precisão é essencial.

Mas qual o melhor termômetro para medir febre? Qual a melhor opção? Um termômetro de temperatura digital ou este termômetro infravermelho Walgreens por exemplo? Se você procura comprar um termômetro digital online e ainda saber sobre algumas marcas de termômetro chegou ao sítio certo.

Fique por dentro de todas as informações.

Você sabe se tem em casa o melhor termômetro?

Toda família tem, ou deveria ter, um bom termômetro em sua caixa de primeiros socorros. Eles podem ser encontrados em qualquer farmácia ou supermercados. A depender do tipo pode ser mais caro ou barato.

Por isso é importante saber também qual o melhor termômetro para bebês e para adultos e qual vale a pena o investimento. Os modelos simples de mercúrio ainda são os mais utilizados, mas cada vez mais os médicos tem receitado as versões digitais. Será que são mesmo confiáveis?

Então qual seria o melhor termômetro digital? Saiba tudo a seguir.

Como escolher o melhor termômetro?

Se o termômetro não for confiável, pode atrasar o início de um tratamento e até piorar o quadro. Antes de conhecer os tipos de termômetro, é importante entender os pontos que deve olhar antes de comprar.

Um deles, por exemplo, é a idade do usuário. É bom deixar claro que nem todos os termômetros são ideais para todo mundo. Termômetros retais e multiuso podem ser usados por pessoas de qualquer idade.

Estes modelos são os mais recomendados também para recém-nascidos, pois dão a leitura mais precisa. Como termômetros retais podem ser desconfortáveis, o melhor é usá-los com bebês. Melhor ainda se a ponta do modelo for flexível.

Muitos deles são seguros e não deixarão o pai, a mãe ou cuidador inserir muito além do que o necessário. Uma boa opção de um termômetro com ponta flexível pode ser encontrada aqui.

As versões multiuso são seguras para adultos já que podem ser usadas do jeito que for mais confortável. É importante pensar também na personalidade da pessoa. Aos 2 anos, uma criança pode reclamar do termômetro retal e pode se mexer em demasiado, o que aumenta o risco de machucar ou leitura incorreta.

O mesmo acontece com a versão de ouvido. Ela pode incomodar pessoas mais sensíveis e não dar uma leitura apropriada. Por isso você pode pensar melhor sobre o termômetro de testa, que é fica apenas no exterior do corpo.

Explicamos os diversos tipos de termômetro a seguir.

Termômetro Digital x Termômetro de Mercúrio

No Brasil, o termômetro mais comum é o de mercúrio, também conhecido como termômetro simples. Ele é feito de vidro e tem uma faixa de mercúrio que varia de acordo com a temperatura corporal. Se você procura saber quanto custa um termômetro de mercúrio fique sabendo que essa já não é a melhor opção.

A verdade é que esse tipo de termômetro vem perdendo seu reinado, e não é mais considerado o melhor termômetro. O termômetro simples não é resistente à queda e também há o risco de contaminação ao meio ambiente. Isso porque o mercúrio contido nele, ao ser descartado incorretamente, pode ir para o solo e água.

Ele tem uma boa precisão, mas sua leitura pode ser difícil para quem usa. Os modelos digitais estão tomando conta dos termômetros de mercúrio. Por sua precisão, tempo para resultado e também não causam ambiental.

O termômetro digital pode ser considerado o melhor termômetro com relação a custo-benefício. O preço de termômetro digital pode variar, mas na verdade é que é o mais indicado para a maioria dos casos. Já as versões infravermelhas são mais caras e vulneráveis a interferências.

Se não usada corretamente ou se a pessoa se mexer muito, ele pode dar uma leitura errada e atrapalhar o tratamento. Por isso é importante saber manusear. Conheça melhor todos os tipos abaixo:

Os diversos tipos de termômetros:

Termômetro retal

Ele dá os resultados mais precisos, o que é vital para recém nascidos e o mais indicado para eles. Esse modelo leva alguns minutos para dar o resultado, o pode deixar a criança desconfortável. Os pais também tendem a ficar mais inseguros em machucar os bebês, mas não há perigo.

Termômetros Digitais Multiuso

O termômetro digital multifuncional é um dos mais comuns no mercado. Ele lê a temperatura corporal com um sensor que usualmente é encontrado numa ponta de metal no seu fim. Com esse tipo de termômetro você pode tirar a temperatura de qualquer pessoa por via oral, retal ou axilar (abaixo do braço).

Ele é o mais simples, mais fácil de encontrar e também o mais barato. Dica: para evitar que bactérias se espalhem pelo corpo e causem infecções, prefira usar esse tipo de termômetro em apenas uma área do corpo (no reto, na boca ou abaixo dos braços). Pelo mesmo motivo, é importante também que esse mesmo aparelho não seja compartilhado, para que seja usado por apenas uma pessoa.

Termômetro Infravermelho Multiuso

Também conhecido como termômetro de testa. Eles são os mais novos e mais caros disponíveis. Através de um scanner infravermelho, ele mede a temperatura da artéria temporal.

É bem simples: apenas uma rápida leitura na testa e ele dá a temperatura. Hospitais tem adotado cada vez mais esse tipo de termômetro por questões de limpeza e também porque eles são seguros, convenientes e confortáveis. Existem muitas opções disponíveis.

Apesar de no passado eles terem sido recomendados apenas para crianças maiores de 3 meses de idade, hoje em dia os pesquisadores sugerem que ele pode ser usado em qualquer idade. Para bebês menores de 3 meses, vale checar duas vezes com um termômetro retal.

Pode encontrar online uma versão confiável desse aqui.

Termômetros de ouvido

Podem ser chamados também de termômetros de tímpano. Assim como a opção anterior, ele também usa raios infravermelhos para medir a temperatura, mas nesse caso é no canal do ouvido. Eles geralmente são rápidos, seguros e nem um pouco desconfortáveis.

Na primeira vez pode ser um pouco estranho, porque deve ser inserido da maneira correta para ter uma leitura certeira. É recomendado para crianças maiores que 6 meses de idade.

Termômetros de orelha

Sim, há uma diferença entre os termômetros de ouvido e os de orelha. O segundo é muito semelhante ao termômetros de testa, mas eles leem através da artéria carótida, localizada logo atrás da orelha. Esses são super novos no mercado, então não são tão fáceis de encontrar.

Seu ponto positivo é que ele pode ser usado enquanto a criança ou adulto estiver dormindo.

Termômetro oral

São a melhor opção para crianças maiores de 4 anos. Com essa idade ela pode segurar com segurança o aparelho abaixo da língua. A criança também terá mais paciência para aguardar a leitura, já que leva um tempinho.

Termômetro de axilas

Usado abaixo dos braços, eles são fáceis, convenientes e seguros. Não são tão precisos como o retal, o de orelha ou o de testa, mas pode ser usado em crianças e adultos de todas as idades.

Termômetro smart

É o novíssimo tipo de termômetro no mercado. Ele é criado para interagir com sistemas operacionais de telefones, tablets e outros gadgets. Alguns tem até uma faixa para “vestir” no braço e fazer a leitura via wireless.

Outros tem leitura como um termômetro normal, seja por via oral, retal, abaixo do braço, etc e, ao conectar ao celular via WiFi, ele envia a temperatura. A febre pode ser monitorada via gráficos em aplicativos. A informação pode depois ser compartilhada com médicos e enfermeiros em tempo real.

o melhor termômetro

Termômetros chupeta

Você leu direito. Há chupetas de bebês que tem tecnologia de medir a temperatura. Muitos médicos não recomendam esse modelo pois as leituras tendem a ser menos precisas que os outros tipos. Agora que você já conhece todos os tipos de termômetro, será que sabe como medir febre?

Como medir febre?

Agora que você já conhece todos os tipos de termômetro disponíveis no mercado e escolheu qual o seu melhor termômetro, chegou a hora de entender como ler a temperatura corporal. O método vai depender do tipo de termômetro, mas como medir febre com termômetro simples é fácil.

Com o termômetro de mercúrio, é necessário chacoalhar a ferramenta para até todo o líquido prateado vá para a base. Em seguida, é só colocar a ponta de metal em lugares como boca, abaixo dos braços e aguardar por volta de 5 minutos.

Para medir a temperatura com termômetro digital é mais simples ainda. É só colocar a ponta prateada em locais como abaixo das axilas e boca e aguardar. Ele vai avisar quando estiver pronto através de pequenos apitos.

Como saber se estou com febre?

Médicos consideram a temperatura corpórea ideal entre 36º C e 36,7º C. É chamado de febrícula quando está entre 37,3º C e 37,8º C e febre quando a temperatura está acima de 37,8º C.

Você pode ter o melhor termômetro, mas isso pode mudar com relação a bebês e adultos. Por exemplo, em bebês menores que 4 meses, uma temperatura de 37.8 graus celcius já pode ser um sinal de grave doença ou infecção.

Uma dica importante é que a água quente pode aumentar a temperatura do corpo durante uma hora, então não use o termômetro logo depois do banho. Claro que, se você estiver se sentindo sem energia, febril ou achar que seu filho pode estar com febre, não espere.

Na dúvida, tire a temperatura duas vezes. Ah, e lembre-se sempre de chamar um médico assim que notar um aumento muito rápido na temperatura, se ela ultrapassar os 38,5 ºC, ou se a febre durar mais que um dia inteiro.

 

 

Imagens: Unsplash e Pexels

Fontes: Baby Center, Dr. Drauzio Varela e O Globo.