Rivotril: Para que serve o medicamento comprado por Bolsonaro com cartão corporativo

O medicamento possui tarja preta e só é vendido com retenção de receita

Rivotril Bolsonaro – Após a quebra do sigilo sobre os gastos do cartão corporativo do ex-presidente Jair Bolsonaro, foi possível saber o valor e também o que foi comprado usando dinheiro público. Na lista de aquisições um medicamento chamado Rivotril foi listado. Mas você sabe para que serve o Rivotril? O SaúdeLAB explica.

Para que serve o Rivotril comprado por Bolsonaro 

O Rivotril, também conhecido como clonazepam, é um medicamento utilizado para tratar ansiedade, convulsões, e transtornos do sono. Aliás, ele é classificado como um benzodiazepínico, um grupo de medicamentos que atuam no sistema nervoso central para aliviar a ansiedade e produzir sono. Neste mesmo grupo está o Diazepam (Valium), Alprazolam (Frontal) e outros medicamentos.

A ansiedade é um problema de saúde mental comum que pode afetar pessoas de todas as idades. Os sintomas incluem preocupação excessiva, medo e tensão. Desta forma, o Rivotril é utilizado para tratar a ansiedade generalizada, ansiedade social e transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). Aliás, ele ajuda a aliviar os sintomas de ansiedade ao aumentar os níveis de GABA, um neurotransmissor que tem um efeito tranquilizante no cérebro.

Além de tratar a ansiedade, o Rivotril também é utilizado para tratar convulsões. Ademais, ele é especialmente eficaz no tratamento de convulsões generalizadas, como a síndrome de Lennox-Gastaut e a síndrome de West. Desta maneira, ele também pode ser usado em conjunto com outros medicamentos para controlar outros tipos de convulsões.

Leia mais: Existe exercício para melhorar o sono? Veja as possibilidades de combater a insônia

Tratamento da Insônia 

O Rivotril também é utilizado para tratar transtornos do sono. Ele pode ajudar a aliviar os sintomas de insônia, como dificuldade para dormir e despertar frequentemente durante a noite. Ele também pode ser usado para tratar a sonolência diurna excessiva associada à apneia do sono. No entanto, não se sabe por qual motivo Bolsonaro comprou o medicamento.

É importante notar que o Rivotril é um medicamento potente e deve ser usado com cuidado. Ele pode causar efeitos colaterais como sonolência, tontura, confusão e dificuldade para se concentrar. Inclusive, ele também pode causar dependência física e psicológica, por isso é importante seguir as instruções do médico e evitar a automedicação.

Rivotril adquirido por Bolsonaro só é vendido com retenção da Receita Azul

O Rivotril ou Clonazepam, assim como os demais benzodiazepínicos, podem causar dependência. Ou seja, se o uso não for acompanhando de um profissional da saúde, a pessoa pode desenvolver um “vício” no medicamento e só conseguir dormir se fizer uso dele. Aliás, para conseguir comprar, o paciente precisa ter uma receita médica azul, fornecida exclusivamente por um médico.

Em resumo, o Rivotril é um medicamento utilizado para tratar ansiedade, convulsões e transtornos do sono. Ele é eficaz no alívio dos sintomas, mas deve ser usado com cuidado devido aos seus efeitos colaterais e risco de dependência. É importante seguir as instruções do médico e evitar a automedicação.

Continue a leitura: Remédio para ansiedade: 8 opções que não precisam de prescrição médica

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitarconsulte Mais informação