Diabético pode comer ameixa? E a ameixa seca? Saiba os perigos envolvidos

Fique por dentro do impacto que a ameixa pode ter no organismo de diabéticos

A princípio, as frutas no geral costumam ser opções de alimentos extremamente saudáveis. Contudo, para diabéticos, existem algumas delas que infelizmente podem ser contraindicadas, visto que frutas também são capazes de elevar os níveis de glicose do sangue. Sendo assim, o SaúdeLab vai ensinar se diabético pode comer ameixa, e se ela e a ameixa seca são seguras.

Uma das principais propriedades da ameixa é a sua capacidade de regular o funcionamento do nosso intestino. Esse benefício pode ser vantajoso para a saúde de todos nós. Porém a ameixa, quando bem madura, é uma fruta muito doce. E apesar disso deixá-la bem mais saborosa, também gera um certo receio para pessoas diabéticos. Por isso é importante questionarmos se o diabético pode comer ameixa de fato ou não.

O diabético pode comer ameixa?

Responder essa pergunta não é tão simples quanto parece. Começando pelo fato de que ameixa é uma fruta rica em carboidratos. E os carboidratos por sua vez são os principais responsáveis pelo aumento da glicemia. Logo, nesse aspecto, a ameixa não é a melhor opção de fruta. Entretanto, apesar dessa característica, o diabético pode comer ameixa sim, a qual é até benéfica para a condição.

Conforme fora dito, uma das principais propriedades da ameixa é a melhoria do trânsito intestinal. Essa capacidade se dá pela presença de fibras na fruta. E por incrível que pareça, essas fibras também ajudam a reduzir o impacto dos carboidratos, tanto da própria ameixa quanto de outros alimentos.

Sob o mesmo ponto de vista, outro motivo pelo qual o diabético pode comer ameixa é a grande quantidade de compostos fenólicos que ela apresenta em sua composição nutricional. Quando no nosso organismo, eles exercem uma forte ação antioxidante, a qual ajuda a controlar a diabetes.

E ameixa seca? É ou não uma boa opção?

Como o próprio nome já sugere, a ameixa seca é basicamente a ameixa como conhecemos mas que passou por um processo de secagem. Ela perde a maior parte da água de sua composição, mas o resultado final ainda concentra boa parte de seus nutrientes, sem falar que a textura e sabor também são refinados.

Por outro lado, graças a esse processo, a concentração e proporção de carboidratos da ameixa seca acaba sendo muito maior. O mesmo se aplica a outros tipos de frutas que podem ser compradas secas. Ou seja, em comparação com a sua versão in natura, a ameixa seca é muito menos segura a indicada para a diabetes.

A chave para um consumo saudável é a moderação nas porções

Conhecendo melhor as propriedades da fruta, podemos afirmar que sim, um diabético pode comer ameixa sem problemas, seja ela seca ou não. Isso por que o cuidado mais importante nesse caso não é com o alimento em si, e sim com a quantidade consumida. A ameixa possui características benéficas para a diabetes, mas se consumida em excesso, os seus carboidratos se tornam um problema. Portanto, basta se atentar com as suas porções, especialmente se for a ameixa seca.

Leia mais: 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Consulte mais informação