Pode fazer musculação descalço? Veja se há malefícios ou benefícios para a saúde

Veja se é possível fazer exercícios de musculação descalço sem comprometer a saúde

Atualmente, a crescente popularidade do mundo fitness tem atraído cada vez mais pessoas para esse meio. Ao mesmo tempo, elas ficam na constante busca pelo melhor tipo de treino e forma de fazê-lo. Com isso, surgem ideias como a de fazer musculação descalço, que apesar de bem-intencionadas, precisam ser analisadas. Sendo assim, venha com SaúdeLab e entenda se pode fazer musculação descalço ou não.

Sem dúvidas, os treinos de musculação são extremamente proveitosos para a saúde. Entretanto, para que possamos tirar proveito dos exercícios, não só os de musculação, eles precisam ser feitos corretamente. Isso inclui a vestimenta que escolhemos ao fazer musculação, que precisa ser adequada para que nosso corpo fique apto para os movimentos e esforços necessários.

Problemas de fazer musculação descalço

De maneira geral, é possível encontrar alguns problemas em praticar exercícios de musculação descalço. O primeiro deles é a redução da amplitude de movimento, que é essencial para o ganho de massa muscular desses exercícios. Ademais, o uso das fibras do reto femoral, músculo na porção anterior das coxas importante para musculação, também é reduzido, havendo menos esforço e desenvolvimento dele.

Outro problema de se exercitar descalço é a falta de proteção. Ao fazer musculação, haverá uma certa demanda e atrito na região dos pés, o que pode causar calos, irritações e problemas similares na região. O mesmo vale para exercícios que demandam uso de pesos, os quais podem cair nos pés por algum descuido, causando um dano maior nos pés descalços do que nos calçados.

Leia mais: Musculação em jejum: conheça os prós e contras desta prática

Existem vantagens de se treinar descalço?

Hoje em dia, muitas academias são aderidas a essa ideia dos treinos descalços. Nesses casos, a prática acaba facilitando a análise do instrutor sob os alunos. Ao observar os pés descalços durante os exercícios, fica mais fácil dele identificar quaisquer problemas de postura e movimentação dessa parte do corpo. Entretanto isso não é tão necessário, visto que problemas significativos também podem ser percebidos mesmo com os pés calçados.

É dito também que, ao fazer musculação com os pés descalços, a estabilidade dos exercícios é maior, e consequentemente o cumprimento e benefícios dele são melhorados. Contudo, dependendo do tipo de exercício, a falta de calçado na verdade pode piorar a estabilidade. Ou seja, os supostos benefícios que esse hábito oferece não são tão significantes, e podem até mesmo serem prejudiciais.

É preciso eliminar o hábito de fazer musculação descalço?

Se somarmos todos os problemas de se fazer musculação descalço, fica claro que os calçados são na verdade muito importante para a prática dos exercícios. Eles conferem uma maior estabilidade, eficiência e desempenho físico, fazendo com que os benefícios e aproveitamento do treino sejam muito melhores.

Por outro lado, isso não significa que você não pode ficar descalço em absolutamente nenhum tipo de treino. O calçado é essencial para fazer musculação, mas em outros tipos de treino ele pode ser menos necessário. Caminhadas leves na praia ou exercícios que não utilizam tanto os pés podem ser feitos sem o calçado, porém atente-se ao seu esforço físico e busque alternar entre ficar calçado e descalço.

Leia mais: Quando expirar e inspirar na musculação? Conheça segredos que potencializam seu treino

Garcinia Cambogia: o que é, benefícios e como tomar

A  Garcinia Cambogia atua como um moderador de apetite natural. Pois, ela estimula a liberação de serotonina – neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar e felicidade

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitarconsulte Mais informação