Treino cardio em jejum: é indicado? Faz bem ou mal? Descubra a verdade agora

Descubra se prática aumenta ou não a queima de gordura

Cada vez mais pessoas optam por fazer o treino cardio em jejum, acreditando que a execução das atividades aeróbicas sem alimentação prévia aumentaria a queima de gordura.

Mas isso realmente é verdade? Há riscos da prática? Essas são perguntas importantes e que devem ser levantadas sempre. Apesar dos exercícios físicos serem imprescindíveis à saúde, também podem trazer riscos quando mal executados.

Para saber se a prática de atividades aeróbicas pela manhã, antes da alimentação, é benéfica, continue lendo. Veja como funciona e os cuidados que se impõem.

O que é treino cardio em jejum?

Ele corresponde à execução de atividades aeróbicas logo pela manhã, sem que o atleta se alimente previamente. Portanto, é o famoso “treinar de estômago vazio”.

Por que o treino aeróbico em jejum está conquistando tantos adeptos?

Muitos praticantes de atividades físicas estão aderindo ao treino cardio em jejum por acreditarem que ele aumenta a queima de gordura do corpo.

Explica-se: um dos principais combustíveis do nosso organismo corresponde aos carboidratos. Eles, ao serem metabolizados, convertem-se em glicose que, por sua vez, dá origem ao glicogênio.

O glicogênio, então, é uma das principais fontes de energia que o corpo usa durante os exercícios. Na ausência dele, o organismo deve se voltar para outras fontes, como a gordura.

Portanto, o treino aeróbico sem alimentação prévia aposta no esgotamento do glicogênio para que o organismo queime gordura.

Leia também: Cardio antes ou depois do treino: como saber o momento correto para executar?

O treino cardio em jejum emagrece?

É importante ressaltar que os especialistas ainda se dividem sobre o assunto. Afinal, enquanto alguns defendem as atividades aeróbicas em jejum, outros acreditam que elas trazem prejuízos no futuro.

Em geral, o treino cardio em jejum pode aumentar a queima de gordura no momento das atividades. Contudo, ao longo do dia o cenário pode mudar e diminuir essa quebra de gordura.

Conheça os benefícios e desvantagens do treino aeróbico em jejum

As atividades físicas em jejum oferecem tanto benefícios quanto desvantagens. Conhecê-los, então, é imprescindível antes de aderir ao treino nesses moldes.

Vantagens do treino cardio em jejum

Dentre as principais vantagens que o treino aeróbico em jejum pode oferecer estão:

  • Aumento do gasto calórico;
  • Perda de gordura em razão do uso dela como fonte de energia durante as atividades;
  • Aumento da sensibilidade do organismo à insulina;
  • Estímulo à produção do hormônio GH que, por sua vez, ajuda no ganho de massa muscular.

Desvantagens das atividades aeróbicas sem alimentação prévia

Como dito anteriormente, o treino cardio em jejum ainda causa controvérsias entre os profissionais da área.

Por isso, ao mesmo tempo em que é possível listar diversas vantagens, também existem inúmeros pontos não tão legais e que merecem a atenção. Confira quais são:

  • Hipoglicemia, que pode levar a tonturas, enjoos e desmaios;
  • Desequilíbrios no organismo;
  • Perda de massa muscular por causa do uso de proteínas como combustível;
  • Diminuição da performance nos exercícios.

Cuidados ao praticar o treino cardio em jejum

treino cardio em jejum
Fazer treino cardio em jejum é bom ou ruim? Entenda-Pixabay

 

Como visto acima, as atividades aeróbicas em jejum podem oferecer vantagens e desvantagens.

Todavia, é possível afirmar que os resultados negativos são evitados com alguns cuidados básicos. Desse modo, se você deseja treinar em jejum, não deixe de observar esses pontos de prevenção!

Hidratação

Primeiramente, a hidratação é importante em qualquer tipo de prática de atividade física, seja ela em jejum ou não. Por isso, lembre-se de se hidratar antes, durante e após o treino.

Antes de começá-lo, 100 ml de água são mais do que suficientes. Assim, reponha a água durante a atividade, a fim de que não ocorra a desidratação do organismo.

Intensidade dos exercícios

Outro ponto que é crucial para quem pratica o treino cardio em jejum é cuidar na intensidade dos exercícios, que não deve ser alta, mas baixa e moderada.

Por exemplo, caminhadas e pedaladas de baixa intensidade são excelentes para isso. Quanto ao tempo de exercício, saiba que 45 minutos são suficientes. Ainda, prefira a prática em dias alternados.

Orientação física e nutricional

Por fim, não deixe de buscar orientação profissional antes de começar a prática de treino cardio em jejum.

Para tanto, consulte um nutricionista. Ele poderá examinar se o treino em jejum é uma boa ideia para você, bem como poderá desenvolver uma dieta especial e que garanta acesso aos nutrientes essenciais diários.

Por outro lado, também garanta que as atividades serão acompanhadas por um profissional da educação física. Desse modo, você evita as desvantagens listadas anteriormente e conquista bons resultados.

Leia também: Doce de banana pode auxiliar na reposição energética de forma saudável durante o intra-treino

Conhece a SPIRULINA? Será que ela EMAGRECE? Veja agora quais seus principais BENEFÍCIOS

Devido aos seus inúmeros benefícios à saúde, muitas pessoas têm perguntado se a spirulina emagrece. Uma vez que, ela é uma fonte excelente de proteínas, vitaminas e minerais. Além de outros nutrientes antioxidantes.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitarconsulte Mais informação