Como Correr Corretamente? Aprenda a Correr

Otimize a sua pisada e saiba como correr corretamente para perder peso e emagrecer

como correr corretamente

É normal que quem esteja começando a praticar a corrida se preocupe com como correr corretamente. Aliás, é ótimo que o atleta iniciante tenha esse tipo de preocupação. Significa que você quer dar início a atividade da melhor forma possível e evitar lesões provocadas a longo prazo. Você precisa mesmo de saber como começar a correr.

A corrida, como qualquer outro esporte, também exige uma série de cuidados e não é qualquer pessoa que pode simplesmente começar a correr certo de um dia para o outro. Correr de qualquer jeito, em qualquer pista e sem ter em consideração um tênis de qualidade pode causar problemas sérios a sua saúde.

Como aprender a correr é mesmo muito importante. Ao mesmo tempo, também é fundamental você saber como escolher tênis para corrida.

Aproveite e saiba agora quais os melhores tênis para corrida.

E se você quer correr para emagrecer, precisa ainda levar em conta uma série de outros fatores. Do contrário o seu sacrifício será em vão. Por isso, separamos algumas dicas para quem quer saber como começar a correr corretamente, seja na rua ou na esteira. Se liga!

Como correr corretamente?

O mais importante é manter uma boa postura ao longo da sua corrida. Mas o que é uma boa postura? Aqui, isso não é apenas sinônimo de coluna ereta. É preciso ter atenção ainda aos braços e à extensão de quadril. Alguns especialistas dizem que o quadril é o cérebro da corrida. E de certa forma, é mesmo.

O seu quadril deve se manter firme durante o exercício. É ele que vai providenciar o sustento do seu corpo evitando o excesso do impacto em apenas um ponto. Quem corre com quadril “sentado” pode desenvolver lesões como tendinite patelar, condromalacia patelar, bursite no quadril e até a famosa canelite.

Então, como respirar na corrida? Para correr para perder barriga e com um bom desempenho, você deverá respirar com o auxílio do abdômen. Ao inalar o ar pelo nariz, o seu diafragma deve subir fazendo o seu umbigo entrar e empurrar sua barriga para dentro e para cima. O ar enche o seu peito dessa forma.

Ao expirar, pela boca, a barriga não deve saltar para fora. É preciso fazer força com o abdômen para mantê-la contraída duranta a exalação do ar. A dica é empurrar a barriga para dentro ainda mais durante a expiração. Isso não só ajuda você a correr melhor, dando maior disposição e oxigenando melhor o seu corpo, como ainda aumenta a musculatura abdominal.

Leia também: O Que Comer Antes de Correr? Dicas de alimentação

Como correr corretamente: pisada perfeita

pisada para correr

O maior problema dos corredores iniciantes e não profissionais está mesmo na pisada. Muitas vezes, o corredor está distraído ao longo do exercício e nem nota que está fazendo esforço a mais e não está com a pisada certa. Correr com a pisada errada pode até causar um tombo. Assim, se você está fazedo um treino corrida iniciante precisa ter atenção a todos esses pormenores.

A pisada é uma das coisas que quem corre normalmente não lembra que é importante. Porém ela é sim! Inclusive, o seu tipo de pisada vai influenciar na hora de comprar um tênis de corrida, por exemplo. Então, saber qual a sua pisada e ter o cuidado de praticá-la corretamente durante a sua corrida é crucial.

Na corrida, de forma geral, primeiro se pisa o calcanhar e depois a ponta do pé. A passada vai ser rápida, porém, se você não está acostumado a caminhar assim, deverá treiná-la para praticá-la corretamente na corrida. Correr pousando a planta toda do pé diretamente no chão é prejudicial para o seu corpo.

Também é importante manter uma amplitude na sua passada e cuidar da flexão do joelho. Nada de correr com passos muito curtos, isso vai fazer com que você use muito a ponta do pé e vai cansá-lo mais rápido.

Abra bem as pernas durante a corrida, porém sem exageros. Se você quer saber como correr corretamente na rua o melhor mesmo é seguir esses conselhos. Uma boa dica é também alongar antes de começar!

Como correr na esteira corretamente?

Na esteira as pessoas tendem a pensar que vai ser muito diferente que na rua. E não estão completamente erradas. A principal diferença está na velocidade. Quando corremos na rua, variamos mais a velocidade da corrida em virtude de subidas, decidas, tipos de pavimento e até obstáculos. Saber como usar esteira para correr corretamente é mais fácil. Na esteira é mais simples manter sempre o mesmo ritmo, se você tiver uma esteira “normal” ou até se você tiver a melhor esteira elétrica.

Acontece que manter sempre o mesmo ritmo não é muito bom para você. Primeiro porque queima menos calorias. O seu organismo se habitua rapidamente ao ritmo da corrida e você deixa de atingir o seu esforço máximo. Outro fator é que isso faz com que você force o seu corpo sempre nos mesmos pontos.

O melhor mesmo é correr na rua, mas se essa não é uma possibilidade, saiba que existe sim uma forma correta de correr na esteira. Não corra sempre na mesma posição da esteira. Prefira uma inclinação de pelo menos 0,5 metros. Isso faz com que você tenha uma passada mais correta e evita a canelite, por exemplo.

Se possível, varie a elevação ao longo da corrida, para simular as subidas e decidas na rua. Varie também a velocidade. Você deve começar caminhando, para esticar os músculos e aquecê-los. Depois pode ir aumentando a velocidade gradualmente. Quando atingir o seu máximo, tente manter pelo menos por um quilômetro e depois diminua novamente.

Essas variações fazem com que o seu ritmo cardíaco aumente e diminua, bombeando mais sangue e oxigênio por todo o corpo. Isso queima mais calorias e aumenta o seu desempenho físico.

Outras dicas de como correr corretamente

Além disso tudo que já falamos, vale ressaltar também a postura do seu pescoço. Nada de correr olhando para o celular, para os seus pés ou para a televisão da academia, isto em qualquer das fases da corrida. O seu pescoço, durante o exercício, deve estar reto e relaxado.

Olhe para a frente, se concentre em um ponto fixo e corra. Para algumas pessoas isso vai ser mais difícil, porém é prática mesmo.

Outra coisa importante é correr leve, ou seja, sem carregar um monte de coisas com você. Uma garrafa de água e o celular já é demais. Se você não consegue correr sem a garrafinha, pelo menos alterne-a de mão a cada quilômetro, para fazer mesmo trabalho muscular de ambos os lados.

E não se esqueça de mover os braços. O movimento dos membros superiores faz parte da corrida e inclusive auxilia no exercício. Os braços devem ficar posicionados em um ângulo de 90 graus, para um melhor desempenho.

Se sentir os dedos dormentes é normal. Pare um pouco e coloque as mãos para cima durante alguns segundos. Isso acontece porque o sangue acumula mais nas extremidades.

 

 

 

 

 

Crédito das imagens: Unsplash