10 dicas para cuidar de parentes idosos com segurança e evitar danos à saúde

Clica aqui para conhecer as prioridades com a saúde das pessoas idosas

Se você tem um parente idoso ou é AT (Assistente Terapêutico), confira 10 dicas para cuidar de parentes idosos de maneira fácil e descomplicada. Pensando nisso, o site Saúde Lab vai apresentar ao longo deste artigo informações relevantes sobre o assunto para que você possa cuidar da melhor forma possível dos familiares ou amigos. Confira!

Descubra 10 dicas para cuidar de parentes idosos

Primeiramente, é importante que você saiba que, de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), pessoas que têm acima de 60 anos, são consideradas idosas. Dessa forma, é muito comum que pessoas a partir dessa idade necessitem de um cuidador devido às condições de saúde.

Mas, para que você possa cuidar de uma pessoa idosa, é necessário ficar por dentro dessas 10 dicas principais. A seguir você vai descobrir que não é difícil ser um cuidador, mas que é indispensável ter mais paciência, ficar atento às condições do ambiente e à saúde mental do idoso. Portanto, continue lendo e saiba com mais detalhes sobre cada um dos 10 tópicos a seguir. Boa leitura!

Tenha paciência ao cuidar de parentes idosos

Ter paciência é uma das principais coisas que você precisa ter quando cuidar de parentes idosos, pois eles costumam demorar mais para realizar determinadas atividades, como caminhar, se vestir, escovar os dentes e até mesmo comer.

Além disso, devido à problemas de saúde, alguns possuem a audição comprometida, logo você terá que repetir mais de uma vez para que o idoso entenda.

Não tire a autonomia do idoso

Outro ponto de suma importância é não tirar a autonomia do idoso, isto é, não impedir que ele realize suas atividades cotidianas, faça por ele o que é necessário. Por exemplo, como cuidar da higiene pessoal fazendo o máximo que der conta, ir ao mercado e escolher o que comprar, decidir sobre suas roupas, e até mesmo organizar sua vida financeira. Mas, para isso, é preciso que você fique atento à saúde mental do idoso e suas atitudes não lhe tragam danos.

Fique atento à saúde mental

Saber como está a saúde mental do idoso é muito importante para saber o momento certo de agir. Para isso, é fundamental que você leve o idosos para fazer uma avaliação psicológica. Por outro lado, é possível perceber alterações cognitivas e comportamentais a partir de conversas desconectadas, perda de memória e interesse em atividades que antes gostava de realizar.

Não infantilize a pessoa idosa

Mesmo que o idoso necessite de ajuda para comer, banhar e até mesmo se vestir, não o infantilize e nem o trate como criança, pois ele continua sendo um adulto. Cabe ao cuidador zelar pela sua integridade física e mental ao cuidar de parentes idosos.

Atenção com a mobilidade reduzida

Idosos que possuem mobilidade reduzida precisam de cuidados redobrados com sua locomoção. Dessa maneira, observe o espaço de convivência e faça as adaptações necessárias com mobília, escadas, tapetes e tudo mais que possa ser risco de acidentes domésticos. Evite apressá-lo ao caminhar e respeite seu tempo de fazer as coisas.

Tenha cuidados com a higienização da casa

Ainda sobre as 10 dicas para cuidar de parentes idosos, quando você for limpar a casa tenha cuidado para não deixar o piso molhado. Os riscos de queda devem ser eliminados ao máximo, visto que as fraturas ósseas debilitam a saúde e podem até levar à morte.

Adapte a casa ao cuidar de parentes idosos

Dentre os pontos principais para cuidar de parentes idosos, a adaptação dos ambientes é de extrema importância. Se possível, principalmente em casos em que o idoso possui a mobilidade reduzida, faça adaptações na casa e no banheiro.

Veja o que priorizar:

  • coloque barras para ele se apoiar;
  • prefira usar piso antiderrapante;
  • use tapetes apenas quando for extremamente necessário e que não derrapem;
  • deixe os espaços de circulação mais livres e bem iluminados.

Possibilite a inclusão social

Não é porque a pessoa tem mais de 60 anos que deve ficar excluída das conversas em família e tão pouco não ter amigos. Nesse caso, há várias possibilidades para cuidar de parentes idosos e deixar a vida deles mais interessante, observe:

  • leve o idoso para participar de grupos sociais oferecidos pela prefeitura, onde várias pessoas da mesma idade se reúnem;
  • estimule também aos demais familiares momentos de encontro, roda de conversa ou programações que sejam prazerosas.
cuidar de parentes idosos cadeirantes
Veja 10 dicas para cuidar de parentes idosos e não esqueça dos passeios ao ar livre – Canva PRO

Leia também: Veja 6 atividades que podem ser estimuladas nos idosos para manter e até melhorar a cognição

Promova atividades físicas

Para cuidar de parentes idosos e melhorar o condicionamento físico, vale a pena estimular exercícios físicos em casa ou mesmo ao ar livre. Devido ficar muito tempo em casa e não trabalhar mais, é necessário que você promova também atividades que a pessoa goste de fazer, como jogos, aprender a fazer algum artesanato e até mesmo estudar.

Estimule a memória

Por fim, sobre as 10 dicas para cuidar de parentes idosos, saiba que é muito importante mantê-los atualizados sobre as tecnologias atuais, ou seja, ensiná-los a usar.

Neste caso, é muito importante que você fique atento e perceba se o idoso manifesta vontade de aprender a usar celulares, tablets e computador.

Mas, caso ele fique resistente, converse com eles e pergunte-o se possui interesse, pois é muito importante para desenvolver suas habilidades cognitivas. Outrossim, caso essa opção não seja viável, estimule sua memória com atividades lúdicas como fazer caça-palavras, montar quebra-cabeças e outra atividade que lhe agrade. O importante é estimular e sair da mesmice.

E por último, não deixe conferir: Quais são os primeiros sinais de Alzheimer? Veja 07 indícios e o que perceber de início.