Qual o Melhor Remédio Caseiro Para Pressão Alta?

Conheça o melhor remédio caseiro para pressão alta

A medicina popular é aquela construída em cima de tradições familiares. Em relação à hipertensão, ela tem muito a dizer e a recomendar. Mas será que existe mesmo um remédio caseiro para pressão alta que realmente funcione e alivie os sintomas do problema?

Salientamos em primeiro lugar que o melhor medicamento para essa doença é, na verdade, a prevenção. Adotar um estilo de vida saudável, equilibrado e sem exageros é a melhor maneira de manter a saúde do seu coração. Mas caso você tenha, infelizmente, desenvolvido essa complicação médica, há mesmo algumas formas caseiras de amenizá-lo.

Aparelho de pressão: qual o melhor? Saiba agora no nosso artigo.

6 medicamentos naturais para a hipertensão

Existem alguns alimentos que você provavelmente já consome e que dão um reforço na saúde cardiovascular. Confira abaixo quais são eles!

Alho

alho para a pressão alta

O alho é um dos principais auxiliares no combate à pressão alta. Suas propriedades estimulam a produção de um gás conhecido como óxido nítrico. Ele tem função vasodilatadora, portanto ajuda a manter a circulação sanguínea sem quaisquer problemas.

Além disso, as propriedades antioxidantes do alho ajudam a garantir uma proteção maior aos vasos sanguíneos. Tudo isso contribui para aliviar a pressão sobre o coração.

Há muitas formas de usar o alho como um medicamento caseiro. Há quem faça água de alho, por exemplo, que nada mais é do que deixar o alimento em água por 8 horas. Depois deve bebê-lo em jejum.

Essa não é, no entanto, a melhor forma de se beneficiar de suas propriedades. O gosto muito forte da água pode desencorajar as pessoas. Por isso o melhor mesmo é adicionar dentes de alho a sua alimentação. Há quem mergulhe esses dentes no azeite, o que acaba por ser uma ótima tática.

Chá de hibisco

Não é de hoje que o hibisco, planta muito comum em tratamentos de perda de peso, tem sido usado para diversos problemas de saúde. Apesar de ainda ser necessárias várias pesquisas científicas a respeito dele, sabe-se que é muito benéfico para quem sofre com hipertensão.

As grandes responsáveis por seu efeito benéfico à pressão arterial são as antocianinas. Elas são flavonoides conhecidos por ajudar na regulação da pressão arterial, desde que consumidos com moderação.

Para fazer o chá com a planta, use cálices escuros das flores. Quanto mais escuros forem os cálices, maior é a presença de flavonoides na planta. Isso garantirá efeitos mais positivos na redução da tensão nas artérias.

Salientamos novamente que o chá de hibisco precisa ser consumido com extrema moderação. Ainda que não se tenha comprovação, acredita-se que acima dos 6 gramas diários a planta seja tóxica ao ser humano. Use no chá, portanto, apenas dois gramas. Beba no máximo duas xícaras por dia.

Chá de valeriana

chá de valeriana para hipertensão

As raízes de valeriana não atuam diretamente na hipertensão, mas sim em uma de suas causas mais comuns: o estresse e a ansiedade. Claro que ela também é recomendada para atletas, por exemplo, já que relaxam os músculos e facilitam a circulação sanguínea.

O seu maior benefício, no entanto, é atuar lado a lado com o GABA, neurotransmissor responsável por transmitir uma sensação calmante e relaxante a todo o corpo. Uma vez que o chá das raízes de valeriana atuam diretamente no sistema nervoso, a tendência é que os níveis de estresse diminuem.

Coloque as raízes em água fervendo e deixe a infusão acontecer. Beba apenas um copo por dia e apenas antes de dormir. Esse chá causa extrema sonolência, não sendo indicado para quem precisa manter o foco e a concentração.

Abacaxi, melancia e outros alimentos diuréticos

Pepino, abacaxi, melão, melancia e tantas outras frutas ou legumes têm propriedades diuréticas. Esses alimentos são ótimos combatentes da pressão alta a médio prazo.

Como são diuréticos, eles auxiliam na eliminação de fluidos quando você está em processo digestivo. Quando você tem menos fluidos no corpo, acaba por reduzir o trabalho do coração e, automaticamente, aliviando a pressão arterial.

Vegetais crus e frescos

Vegetais e frutas cruas e fresquinhas são um remédio caseiro para pressão alta de alta eficiência. Além de saborosos, não precisando assim de tantos temperos, conservam suas melhores propriedades.

Esses alimentos costumam ter minerais essenciais, como o cálcio e o potássio, dois elementos incríveis na regulação da pressão arterial. Um pratinho diário que contenha folhosos verdes, por exemplo, como o espinafre, alface, aliado ao tomate e à maçã, por exemplo, é ótimo para emagrecer e para evitar a hipertensão.

Suco de mirtilo

suco de mirtilo para a tensão arterial

O mirtilo é aquela frutinha azul e super benéfica para o organismo, que contém uma porção enorme de antioxidantes. Como se sabe, esses elementos evitam a oxidação das células, sendo muito necessários para combater problemas como envelhecimento precoce e até mesmo determinados tipos de câncer e de tumores.

Se for consumido diariamente, esse alimento ajudará também a aliviar a pressão sobre o coração. Deve ser visto como uma complementação ao tratamento médico realizado em caso de obstrução dos vasos sanguíneos.

Cuidados com os tratamentos caseiros

Novamente: o remédio caseiro para pressão alta de melhor qualidade é evitar o surgimento para a pressão alta. Como viu acima, todos os supostos medicamentos caseiros listados podem ser facilmente incluídos em sua alimentação. Aliás, tanto o alho quando as frutas e as verduras muitas vezes já estão presentes em seu dia a dia.

A questão é encontrar um equilíbrio em termos de estilo de vida. Saber o que consumir para aliviar os sintomas de hipertensão é fácil. O difícil é de fato ingerir isso e, o que é ainda mais complicado, deixar de ingerir o que não é recomendado.

Insistir em uma alimentação industrializada, baseada em enlatados, embutidos, sal e alimentos repletos de agrotóxicos é o caminho mais rápido para desenvolver hipertensão. Alie isso ao sedentarismo e à recusa em fazer exercícios físicos para surjam diversos problemas de saúde. O melhor é sempre apostar em uma mudança de hábitos e de comportamentos.

 

 

 

Crédito das imagens: Freepik