É possível repor o colágeno perdido? Qual a melhor forma de amenizar o envelhecimento da pele

Saiba como funciona a reposição e importância da proteína

É possível repor o colágeno perdido? Ele é uma das principais proteínas que atua na composição do organismo. Além de ter funções estéticas, também é crucial para a sustentação de ossos e músculos. Além disso, a perda de colágeno pelo organismo também se reflete no surgimento de algumas doenças, como é o caso da hipertensão, da úlcera gástrica e da osteoporose. Mas como ele funciona e como é possível barrar a sua perda ou recuperá-lo? Descubra as respostas para estas e outras perguntas hoje, no SaudeLab.

Tem como repor o colágeno perdido?

Sim, existem algumas maneiras de recuperar essa proteína, cujas taxas naturais no organismo tendem a cair a partir dos 30 anos de idade. Aliás, a perda de colágeno tende a se acentuar a partir dos 45 anos, especialmente com a menopausa. Contudo, existem formas de retardar essa perda, assim como de repor a proteína. Veja quais são.

Alimentação

Primeiramente, uma das formas de repor o colágeno perdido é por meio da alimentação. Afinal, esta proteína está presente em diversos tipos de alimentos, especialmente nos de origem animal.

Portanto, carnes brancas e vermelhas, assim como ovos e queijo são fontes desta proteína. Da mesma forma, a gelatina conta com altas taxas dela. Porém, não é indicada por conter grandes taxas de açúcares.

Por outro lado, também é possível estimular a produção de colágeno pelo organismo e proteger as fibras da proteína com o consumo de outros nutrientes. Para isso, aposte em alimentos ricos em vitamina C, selênio e zinco.

Leia também: Por que ficamos com os cabelos brancos? Saiba os fatores que influenciam

Como repor colágeno perdido com suplementação alimentar

Outra maneira de repor as taxas da proteína animal é com o uso de suplementação. Para isso, a melhor escolha se volta ao colágeno hidrolisado, dos tipos I e III.

Quanto a isso, é importante ressaltar que os especialistas determinam que os resultados tendem a aparecer apenas depois de 90 dias. Portanto, tenha paciência.

Além disso, é importante que a suplementação somente ocorra após uma consulta médica. Desse modo, torna-se possível estabelecer a dose ideal para cada paciente, de acordo com suas necessidades.

Procedimentos estéticos ajudam a repor colágeno perdido

Por fim, outra maneira de fazer a reposição da substância no organismo é por meio de procedimentos estéticos. Eles podem ser clínicos ou para aplicação caseira.

Por exemplo, cremes que tenham em sua composição vitamina C ou ácido retinoico são excelentes para estipular a produção de colágeno pela pele.

Da mesma forma, é possível apostar em procedimentos clínicos, tais como os estimuladores biológicos e a radiofrequência.

Como evitar a perda de colágeno pela pele?

Primeiramente, saiba que a perda desta proteína é natural com o avançar dos anos. Contudo, ela pode ser acelerada por alguns hábitos negativos, tais como o tabagismo.

Portanto, antes de se preocupar em como repor o colágeno perdido, pense em como você pode evitar a diminuição brusca das taxas da proteína.

Isso requer uma alimentação saudável, a prática de exercícios, a hidratação correta e o uso diário de protetor solar. Igualmente, evite hábitos como tabagismo. Com isso, você evita radicais livres que destroem o colágeno da pele.

Continue a leitura: Cuidados essenciais com as cutículas das unhas: use o passo a passo perfeito

Como viver cheirosa? Veja as 8 dicas para você potencializar seu perfume!

Seu perfume dura pouco? Você gostaria de estar sempre cheirosa mas não sabe como? Não se preocupe. Existem truques simples para que seu perfume se torne tão marcante quanto você! Então, continue lendo para aproveitar seu perfume ao máximo e ainda economizar em compras para prolongar as fragrâncias.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitarconsulte Mais informação