BCAA: saiba o que é e quem deve tomar o suplemento

Conheça essa suplementação que é famosa no mundo fitness!

No artigo de hoje, o SaúdeLab vai lhe mostrar quando – de fato – o BCAA pode ser útil. Assim, você não correrá mais o risco de gastar dinheiro (sem necessidade) com o suplemento. Então, continue conosco até o final para conferir!

Assim como o whey protein, o BCAA é um suplemento muito utilizado no mundo fitness. Isso porque, ele possui efeitos bem interessantes na recuperação muscular e redução da fadiga. Mas, você sabia que nem sempre ele é necessário? Afinal de contas, também é possível obtê-lo através da alimentação ou do próprio whey.

 

BCAA
BCAA: saiba o que é e quem deve tomar! Foto: Canva

O que é BCAA?

O BCAA é um suplemento alimentar baseado em três aminoácidos: leucina, isoleucina e valina. Também conhecidos como aminoácidos de cadeia ramificada.

Desse modo, eles são considerados essenciais, visto que, o organismo não produz. Logo, é necessário alcançá-los através da alimentação ou suplementação.

Além disso, eles estão presentes em todas as proteínas do nosso organismo. Especialmente no tecido muscular, pois esses aminoácidos são utilizados para fornecer energia aos músculos.

Por essa razão, a sua suplementação ficou bastante conhecida no mundo fitness. Visto que, ele está associado a recuperação muscular e diminuição da fadiga durante os exercícios.

BCAA: para que serve?

Os aminoácidos de cadeia ramificada são utilizados para diversos fins. Assim, eles podem ser usados tanto por atletas, quanto por praticantes de atividade física. Então, dentre os seus benefícios, podemos destacar:

  • Diminui a fadiga (física e mental) durante os exercícios físicos;
  • Previne a perda de massa muscular;
  • Reduz as dores musculares pós-treino;
  • Favorece a recuperação e formação dos músculos;
  • Melhora a performance durante os treinos.

Além disso, um estudo realizado em 2017, avaliou os efeitos dos aminoácidos de cadeia ramificada em pessoas com Encefalopatia Hepática (EH). Como resultado, observou-se que eles parecem ter resultados positivos na EH associada à cirrose.

Já outro estudo, realizado em 2013, observou os efeitos do BCAA durante exercícios de resistência. Com isso, os resultados sugerem que a suplementação pode reduzir as concentrações de substâncias que causam dano muscular e fadiga.

BCAA emagrece?

O BCAA pode contribuir para o processo de emagrecimento de forma indireta. Visto que, ele melhora o rendimento do indivíduo durante os exercícios físicos. Consequentemente, o desempenho nos treinos é mais eficiente, o que resulta no maior gasto calórico.

Mas, auxiliar no processo de perda de peso não é uma de suas principais funções. Portanto, não é necessário comprar o suplemento para essa finalidade.

Uma vez que, existem opções melhores e mais direcionadas para o emagrecimento disponíveis no mercado. Sendo assim, procure a orientação de um médico ou nutricionista para saber qual é o melhor suplemento para o seu caso!

Quem precisa tomar?

BCAA
Quem precisa tomar BCAA? Foto: Freepik.

 

Como dito acima, não são todas as pessoas que precisam tomar a suplementação desses aminoácidos. Pois, é possível obtê-lo através da alimentação. Contudo, em alguns casos, ele pode ser – realmente – útil. Como por exemplo:

  1. Pessoas que praticam exercícios físicos moderados a intensos por, pelo menos, 3 vezes por semana;
  2. Indivíduos que, por algum motivo, não conseguem ter uma boa ingestão por meio da alimentação;
  3. Atletas;
  4. Fisiculturistas.

Quem não precisa tomar?

Por outro lado, a suplementação de BCAA pode ser dispensável nos seguintes casos:

  1. Pessoas que praticam exercícios de baixa intensidade ou com pouca exigência física;
  2. Indivíduos que fazem a suplementação de whey protein, pois ele já possui boas concentrações de BCAA;
  3. Pessoas que têm o consumo adequado desses aminoácidos na alimentação.

Como tomar BCAA?

A dose diária da suplementação vai depender do objetivo, necessidades pessoais e tipo do treino. Logo, a sua utilização deve ser completamente individualizada e prescrita por um médico ou nutricionista.

No entanto, de modo geral, é possível tomar o BCAA de quatro maneiras: pó, cápsula, líquido ou injetável. Veja a seguir qual é a diferença entre elas!

Nesse caso, basta diluir cerca de 5g do suplemento em 100ml de suco ou água. O ideal é que o consumo seja durante o exercício ou em até 90 minutos após o treino.

Cápsula

Quanto à cápsula, o recomendado é a ingestão de 1 a 3 cápsulas por dia. Podendo ser utilizada tanto como pré, quanto como durante e pós-treino.

Líquido

Nessa opção, o sugerido é misturar 30ml do suplemento com suco ou água. Podendo consumir uma dose antes e após o exercício.

Injetável

Por fim, o BCAA injetável é uma das formas mais procuradas pelos atletas e praticantes de atividade física. Isso porque, por ser aplicado diretamente no músculo, acredita-se que os resultados são mais eficazes. Mas, ainda não existem evidências científicas suficientes para a comprovação dessa hipótese.

Pode tomar todos os dias?

BCAA
Pode tomar BCAA todos os dias? Foto: Canva

Sim! O consumo da suplementação não se limita apenas aos dias de treino. Logo, você pode tomar – inclusive – nos dias de repouso. Desde que haja a devida prescrição do seu médico ou nutricionista!

Além disso, o BCAA pode ser consumido em diversos momentos do dia. Podendo ser utilizado tanto como um pré-treino, pós-treino ou em conjunto com as refeições principais. A escolha vai depender das suas necessidades, objetivos e preferências.

Alimentos ricos em BCAA

Os aminoácidos de cadeia ramificada estão presentes em diversos alimentos. Sendo bastante fácil obtê-los através da alimentação. Veja a seguir uma lista com as principais fontes alimentares:

  • Carnes vermelhas;
  • Ovos;
  • Frango;
  • Proteínas do leite, como é o caso do whey protein.

Possíveis efeitos colaterais

Apesar de serem substâncias naturais para o organismo, a suplementação dos aminoácidos de cadeia ramificada pode provocar efeitos colaterais. Sendo os mais comuns: náuseas, vômitos, desconfortos abdominais.

Além disso, em alguns, os suplementos também podem provocar pedras nos rins e sobrecarga renal. Principalmente nas pessoas que já tiveram doenças renais ou possuem predisposição genética para desenvolvê-las.

Desse modo, nunca faça o consumo sem a orientação do seu médico ou nutricionista. Pois, esses profissionais são capacitados para recomendar as dosagens mais adequadas e seguras para o seu caso.

Existe contraindicação?

Sim! A suplementação é contraindicada para os seguintes grupos de pessoas:

  • Indivíduos com insuficiência renal;
  • Pessoas com alguma sensibilidade a esses aminoácidos ou componentes dos suplementos;
  • Grávidas;
  • Lactantes;
  • Adolescentes;
  • E crianças.

Então, gostou de conhecer os benefícios e necessidades do BCAA? Agora, clique aqui para descobrir outras informações tão úteis quanto essa!

LARANJA MORO EMAGRECE mesmo? Descubra agora os EFEITOS e os seus efeitos no emagrecimento!

Clica para assistir esse vídeo cheio de novidades para potencializar seu metabolismo. Compartilha com seus amigos!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitarconsulte Mais informação