Coenzima Q10: o que é, funções e como tomar? Confira aqui

A deficiência desse elemento pode provocar diversos transtornos. Como é o caso do envelhecimento precoce da pele e a indisposição.

Sabemos que, à medida que vamos envelhecendo, o nosso corpo começa a perder alguns nutrientes. Dentre eles, está a coenzima Q10 – uma substância que tem várias funções em nosso organismo.

Em razão disso, a deficiência desse elemento pode provocar diversos transtornos. Como é o caso do envelhecimento precoce da pele e a indisposição. Além de tornar as células mais vulneráveis para a ação dos radicais livres.

Pensando nisso, no artigo de hoje, o SaúdeLab vai trazer todas as informações sobre os benefícios da coenzima Q10. Assim, você saberá o que é, quais são as suas funções e como tomar. Então, continue conosco até o final para conferir!

Leia também: Maca Peruana: conheça 4 benefícios da raiz que aumenta a libido e emagrece

 

coenzima Q10
Coenzima Q10: o que é, funções e como tomar! -Canva

O que é a coenzima Q10?

Também conhecida como ubiquinona ou CoQ10, a coenzima Q10 é uma substância produzida no organismo. Desse modo, ela está presente em todas as nossas células, sendo essencial para o metabolismo energético. Além de possuir propriedades antioxidantes.

Logo, é muito importante ter os níveis adequados dessa enzima no corpo. Visto que, ela está presente em diversos processos cruciais para o bom funcionamento do organismo. Contudo, também é possível obtê-la através da alimentação ou suplementação.

Coenzima Q10: para que serve?

A coenzima Q10 desempenha diversas funções em nosso corpo. Com isso, alguns dos seus principais benefícios são:

  • Participa do processo de produção de energia nas mitocôndrias das células;
  • Melhora a performance durante a realização dos exercícios físicos;
  • Previne as doenças cardiovasculares;
  • Contribui para a prevenção do câncer;
  • Melhora os níveis de colesterol e triglicérides na corrente sanguínea;
  • Previne as doenças neurológicas, como Parkinson e Alzheimer;
  • Ajuda a melhorar a fertilidade;
  • Combate as inflamações provocadas pelos radicais livres.

O que dizem as evidências científicas

Além disso, de acordo com um estudo realizado em 2021, doses usuais da suplementação de CoQ10 podem diminuir os efeitos colaterais das estatinas (remédios utilizados para reduzir o colesterol na corrente sanguínea).

Visto que, um dos efeitos colaterais desses medicamentos é a diminuição da CoQ10 no organismo. Logo, a suplementação é uma excelente maneira para minimizar esse problema.

Enquanto que um outro estudo, também realizado em 2021, avaliou os efeitos da suplementação de coenzima Q10 em adultos com enxaqueca. Como resultado, observou-se impactos positivos na redução da duração da dor e em sua frequência.

Quais são os sinais de deficiência de coenzima Q10?

Como visto, a CoQ10 é uma substância essencial para o bom funcionamento do organismo. Então, quando ela está deficiente, o corpo apresenta alguns sinais e sintomas. Dentre eles, os mais comuns são:

  1. Falta de energia;
  2. Perda de massa muscular;
  3. Fraqueza;
  4. Dificuldade de memorização.

O que diminui a coenzima Q10 no corpo?

Diversos são os fatores que podem levar a diminuição da coenzima Q10 no organismo. Dentre eles, podemos destacar:

  • Envelhecimento;
  • Alimentação ineficiente;
  • Má qualidade de sono;
  • Estresse;
  • Sedentarismo;
  • Uso de estatinas;
  • Deficiência de aminoácidos, como fenilalanina e tirosina;
  • Carência de vitamina B6;
  • Mutações genéticas.

Coenzima Q10 emagrece?

coenzimaQ10
Coenzima Q10 emagrece? Foto: Canva

Apesar de não ser uma das suas principais funções, de forma indireta, a CoQ10 pode ajudar a emagrecer. Isso porque, ela participa do processo de formação de ATP (energia). Além de melhorar a performance durante a realização dos exercícios físicos.

Sendo assim, o indivíduo fica com a metabolização de gordura melhorada e, também, tende a praticar os exercícios físicos de forma mais eficaz. No entanto, esses efeitos só acontecem em conjunto com uma dieta adequada para o emagrecimento.

Portanto, é muito importante que você busque a orientação de um nutricionista. Dessa forma, terá um planejamento alimentar apropriado para o seu objetivo de perda de peso. Além de ter a devida prescrição quanto a suplementação de CoQ10.

Leia mais: Smoothie Termogênico de Abacate com Gengibre saudável e prático

Quem deve tomar CoQ10?

Por estar presente nos alimentos, a suplementação de coenzima Q10 não é necessária para todos. Sendo mais indicada para os seguintes casos:

  • Pessoas que fazem uso de estatinas;
  • Indivíduos que estão com insuficiência cardíaca ou outra doença cardiovascular;
  • Pessoas que sofrem de fibromialgia;
  • Atletas ou praticantes de exercício físico;
  • Pós-cirurgias.

Como tomar?

Atualmente, existem diversas opções de suplementos de CoQ10 no mercado. Podendo haver tanto a enzima isolada, quanto misturada com outras substâncias.

Então, é importante ter a recomendação médica ou nutricional para saber qual é a melhor opção para o seu caso. Contudo, no geral, a recomendação da dose costuma ser entre 50 e 400mg por dia.

Desse modo, é possível tomar em dose única ou mais de uma vez por dia. A escolha vai depender do seu médico ou nutricionista.

Além disso, o mais indicado fazer a ingestão depois das refeições principais. Isso porque, a CoQ10 é melhor absorvida quando combinada a alimentos ricos em gordura. Mas, também pode ser ingerida antes de dormir ou 30 minutos antes do exercício físico.

Alimentos ricos em coenzima Q10

Em se tratando da alimentação, a CoQ10 está presente nos seguintes alimentos:

  • Abacate;
  • Amêndoas;
  • Brócolis;
  • Carne de porco;
  • Cogumelo;
  • Damasco;
  • Espinafre;
  • Fígado;
  • Frango;
  • Gergelim;
  • Laranja
  • Lentilha;
  • Maçã;
  • Morango;
  • Nozes;
  • Sardinha.
coenzima
Veja aqui os alimentos que promovem Coenzima Q10- Canva

 

Efeitos colaterais

Apesar dos seus benefícios, a suplementação de coenzima Q10 pode provocar alguns efeitos colaterais. Como por exemplo:

  • Inapetência (falta de apetite);
  • Náuseas;
  • Intoxicação hepática;
  • Hipoglicemia (queda de açúcar no sangue);
  • Diminuição da pressão arterial.

Todavia, esses efeitos costumam ocorrer em pessoas que ingerem quantidades maiores do que o recomendado. Portanto, é muito importante que você siga – rigorosamente – as recomendações do seu médico ou nutricionista.

Quem não deve tomar?

A suplementação de coenzima Q10 é contra-indicada para pessoas que sofrem de hipoglicemia. Bem como, grávidas, lactantes e crianças. Além disso, quem está prestes a fazer uma cirurgia, deve suspender o uso por, pelo menos, 14 dias antes.

Ademais, confira: 7 tipos de açúcar: saiba quais são as melhores e piores opções para sua alimentação

Conclusão

Como podemos ver, a CoQ10 é uma substância crucial para a sobrevivência humana. Sendo assim, manter os seus níveis adequados no organismo é indispensável. Portanto, não esqueça de consumir as fontes alimentares no seu dia a dia.

Além do mais, é fundamental buscar o auxílio de um médico ou nutricionista para realizar a suplementação, caso seja necessário.

Uma vez que, em alguns casos, somente a alimentação pode não ser suficiente. Logo, utilizar o suplemento pode ser a melhor opção.

Então, gostou deste artigo? Agora, clique aqui para conhecer diversos outros assuntos semelhantes a esse e ter mais bem-estar e saúde de qualidade!

Conhece a SPIRULINA? Será que ela EMAGRECE? Veja agora quais seus principais BENEFÍCIOS

Devido aos seus inúmeros benefícios à saúde, muitas pessoas têm perguntado se a spirulina emagrece. Uma vez que, ela é uma fonte excelente de proteínas, vitaminas e minerais. Além de outros nutrientes antioxidantes.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitarconsulte Mais informação