Higienização do umidificador de ar: como fazer e com qual frequência?

Evite contaminações e acúmulo de sujeira no seu eletrodoméstico, veja o passo a passo para mantê-lo bem limpo

A princípio, ao fazer a limpeza da casa, é preciso cuidar dos eletrodomésticos que utilizamos no dia a dia e incluí-los na lista de prioridades. Dessa forma, é possível garantir que a função deles não seja comprometida, nem tão pouco nossa saúde. É o caso do umidificador de ar. Portanto, venha com SaúdeLab e aprenda como fazer a higienização desse aparelho tão útil hoje em dia.

Durante as épocas do ano onde o tempo é mais seco, o umidificador pode ser um grande aliado para o bem-estar. Através da ação dele, é possível deixar o ambiente de casa mais confortável e saudável. Entretanto, tal ação pode ser barrada ou prejudicada se o aparelho não estiver devidamente higienizado. Logo, é importante conhecer os métodos certos de limpeza para garantir que isso não ocorra.

Importância da limpeza do umidificador

Como o próprio nome já sugere, o umidificador é um aparelho responsável por elevar a umidade do ar, através da produção de vapor d’água. Ou seja, ele influência diretamente as condições do ar que respiramos e do ambiente que convivemos.

Com isso, se o aparelho não estiver devidamente higienizado, a sua função pode ser comprometida, ao ponto de que passe a representar um risco para a saúde.

O aparelho e o seu interior estão sempre sob condições bastante úmidas. Isso beneficia a proliferação de fungos e outros microrganismos, os quais podem ser lançados no ar pelo próprio umidificador, fazendo com que cheguem até nós. E isso pode ser evitado fazendo a higienização periódica.

Reservatório de água: faça a higienização do umidificador de ar

Tendo em mente os problemas da falta de higiene com o umidificador de ar, é importante ficar por dentro dos cuidados corretos. A parte mais complicada de se limpar é o reservatório onde a água é armazenada, já que na maioria das vezes não temos um acesso direto ao interior dessa estrutura. Contudo, utilizando apenas vinagre e água, é possível deixar o reservatório higienizado tranquilamente.

Passo a passo 1

  1. Primeiramente, deposite uma xícara de vinagre do reservatório e espalhe por ele todo, girando e manuseando-o com cuidado.
  2. Feito isso, aguarde aproximadamente uma hora para que o produto possa reagir bem. Passado o tempo, descarte o vinagre e enxague o interior com água.
  3. Por fim, coloque novamente uma xícara de vinagre, juntamente com uma boa quantidade de água, encaixe o reservatório e ligue o aparelho normalmente. Após alguns minutos despreze a solução, enxague e deixe pronto para o uso.
inspecionar o umidificador de ar
É possível notar o acúmulo de sujeira de mofo no umidificador de ar, faça a limpeza urgentemente! Fonte: Canva Pro

Limpeza da base e higienização do umidificador de ar

Com o reservatório devidamente limpo, é possível passar para higienização da base do umidificador, onde o reservatório é encaixado. Nela, muitas vezes é possível notar o acúmulo de sujeira de mofo. Felizmente, essa parte também é bastante simples de se limpar, necessitando dos mesmos produtos da etapa anterior.

Passo a passo 2

  1. Tenha em mãos uma esponja comum nova, que você não utiliza em outros tipos de limpeza.
  2. Molhe ela com água e aplique uma boa quantidade de vinagre.
  3. Em seguida, basta apenas esfregar a porção suja da base, utilizando o lado amarelo da bucha, e com bastante cuidado para não danificar o aparelho.
  4. Finalize com um pano limpo e umedecido. Se desejar dar um plus use outro pano limpo com álcool a 70% e pronto. Tudo limpo e bem higienizado sem riscos para a família ao usá-lo.

Mas e a frequência para higienizar o umidificador?

Pois bem, se o uso for contínuo e em períodos prolongados o ideal é fazer uma limpeza básica a cada dois ou três dias no máximo. Basta apenas colocar o vinagre com água e depois enxaguar. E a limpeza completa deve ser agendada entre 10 e 15 dias.

Lembre-se de trocar a água caso fique um período de 2 ou 3 dias sem usá-lo para evitar acúmulo de bactérias. E tenha em mente o tempo de uso, o indicado é trocá-lo em média a cada 5 anos, pois há um risco de acúmulo de bactérias pelo circuito e isso pode contaminar o ar ambiente da casa.

Leia mais: Como limpar a máquina de lavar roupas sem erros: veja o que realmente funciona