Picolinato de cromo emagrece? Saiba o que é, para que serve e como tomar

Saiba quais as doses recomendadas e como incluir na dieta. Ficou interessado(a)? Então, continue conosco até o final para conferir

O picolinato de cromo é um dos suplementos nutricionais mais estudados da atualidade. Isso porque, ele possui diversos benefícios à saúde, que vão desde o controle do apetite até ao aumento da performance no exercício físico. Por conta disso, muitas pessoas têm pesquisado sobre as suas funções e como tomar. Visto que, ele tem ficado bastante famoso no mundo do emagrecimento devido às suas vantagens.

Sendo assim, no artigo de hoje, o SaúdeLab vai mostrar o que é o picolinato de cromo, para que serve e as doses recomendadas. Ficou interessado(a)? Então, continue conosco até o final para conferir!

O que é picolinato de cromo?

O picolinato de cromo é um suplemento alimentar constituído de cromo e ácido picolínico. Com isso, enquanto o cromo é um mineral presente em alguns alimentos, o ácido picolínico é uma substância derivada do triptofano (um tipo de aminoácido).

Sendo assim, o cromo deve estar presente na alimentação diária, pois é fundamental ao organismo. Abaixo terão alguns exemplos de alimentos fontes deste mineral:

  • Ameixa;
  • Brócolis;
  • Carnes;
  • Cogumelo;
  • Espinafre;
  • Fígado;
  • Frango;
  • Maçã;
  • Ovo;
  • Queijo.

Logo, ele pode ser ingerido tanto pela alimentação quanto pela suplementação. No entanto, o picolinato de cromo é um suplemento feito com dois componentes, pois o ácido picolínico aumenta a absorção do cromo.

Para que serve o picolinato de cromo?

O picolinato de cromo é recomendado quando existe deficiência de cromo no organismo. Todavia, diversos estudos têm mostrado que esse suplemento possui diversos benefícios à saúde. Logo, ele pode ser utilizado para:

Regular os níveis de açúcar no sangue

O picolinato de cromo melhora a sensibilidade à insulina. Por isso, ele pode ser um grande aliado para pessoas com diabetes ou resistência insulínica.

Controlar o apetite

De acordo com algumas pesquisas, o picolinato de cromo pode ajudar no controle do apetite. Isso porque, acredita-se que ele participa do processo de síntese de serotonina (neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar).

Então, ele pode contribuir para a melhora da compulsão alimentar e na perda de peso. O que é maravilhoso para quem busca o emagrecimento.

Normalizar os níveis de colesterol e triglicerídeos

Quando existe deficiência de cromo no organismo, os níveis de colesterol e triglicerídeos ficam alterados. Com isso, eles podem ficar em concentrações aumentadas na corrente sanguínea. O que pode aumentar os riscos do desenvolvimento das doenças crônicas.

Sendo assim, o uso adequado do suplemento pode ajudar a normalizar esses índices. Além de contribuir para a prevenção das doenças cardiovasculares.

Proteger as células da ação dos radicais livres

O cromo também tem efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios no organismo. Por isso, ele ajuda a proteger as células dos radicais livres. O que é importante para a prevenção do câncer e das doenças crônicas.

Ajudar na prevenção e tratamento da depressão e ansiedade

Pelo fato do picolinato de cromo está associado com a produção de serotonina, acredita-se que ele também pode estar relacionado com a síntese de dopamina. Logo, ele pode ajudar no tratamento e prevenção da depressão e ansiedade.

O que dizem as evidências científicas?

Um estudo realizado em 2018, avaliou os efeitos da suplementação de picolinato de cromo na concentração da glicemia plasmática em repouso e no exercício físico. Como resultado, observou-se que o suplemento gera efeito positivo na captação de glicose.

Já um outro estudo, realizado em 2019, analisou os efeitos do picolinato de cromo na composição corporal e no desempenho de praticantes de musculação.

Todavia, para realizar a pesquisa, os indivíduos foram submetidos a dieta com baixo índice glicêmico. Então, como resultado, foi visto que houve reduções significativas nas seguintes dobras cutâneas:

  • Abdominal;
  • Axilar média;
  • Coxa;
  • Subescapular.

Por outro lado, também foram observadas reduções significativas na circunferência abdominal e da cintura. Além de uma diminuição na concentração de glicose após 60 minutos de ingestão.

Picolinato de cromo emagrece?

Por atuar no metabolismo dos carboidratos, proteínas e gorduras, o suplemento pode, sim, ajudar no processo de perda de peso. Além do mais, ele também ajuda no controle do apetite. O que é um grande aliado para evitar os exageros alimentares.

Contudo, o seu uso deve ser feito apenas com recomendação de médico ou nutricionista. Além disso, vale a pena lembrar que o consumo do suplemento deve estar associado a dieta e exercício físico.

Uma vez que, ele é apenas um coadjuvante do processo de emagrecimento. Ou seja, ele não fará efeito se a sua alimentação e exercícios não estiverem equilibrados.

Como tomar?

capsulas de Picolinato de cromo
Como tomar picolinato de cromo? Foto: Canva PRO

 

De modo geral, a dose recomendada diária é entre 50 a 300 mcg por dia. Todavia, isso vai depender da necessidade do indivíduo e da indicação médica ou nutricional. Com isso, em alguns casos, a dose pode ser de até 1000 mcg/dia.

Quanto ao tempo de duração do tratamento, isso também pode variar! Podendo ser de 4 a 6 semanas, conforme o objetivo de cada pessoa.

Portanto, não deixe de procurar o profissional de sua confiança para utilizar o suplemento. Especialmente se você possui diabetes ou outra doença crônica. Assim, você também evitará o uso excessivo, que pode provocar efeitos colaterais.

Onde encontrar?

O suplemento é, comumente, encontrado em lojas de produtos naturais, farmácias ou lojas online. Além disso, você também pode encomendar em farmácias de manipulação, caso o seu médico ou nutricionista tenha recomendado uma dose mais específica.

Picolinato de cromo: efeitos colaterais

Os principais efeitos colaterais do picolinato de cromo são:

1. Anemia;

2. Diarreia;

3. Dor de cabeça;

4. Insônia;

5.Náuseas;

6. Vômitos;

7. Problemas no fígado.

Contudo, eles são raros de acontecer e estão mais associados em casos de uso excessivo. Além disso, as pessoas com diabetes NUNCA devem fazer o consumo sem recomendação profissional.

Isso porque, o suplemento pode causar hipoglicemia a depender da dose utilizada. O que pode causar:

Batimentos cardíacos acelerados (taquicardia);

  • Fome excessiva;
  • Palidez;
  • Suor frio;
  • Tontura;
  • Tremores no corpo;
  • Sonolência.

Continue a leitura: Laranja Moro ou morosil emagrece mesmo? Descubra agora os efeitos

Quem não deve tomar?

Crianças menores de 12 anos, grávidas, mulheres que estão amamentando, pessoas com insuficiência renal e Indivíduos que possuem hipersensibilidade a algum componente da fórmula.

E aí, gostou deste artigo? Agora, clique aqui para ficar por dentro de vários outros assuntos como esse!

TRIPTOFANO: o que é, para que serve e onde encontrar

Confira tudo sobre o TRIPTOFANO nesse vídeo curto. Este aminoácido desempenha diversas funções cruciais para o bom funcionamento do nosso organismo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitarconsulte Mais informação