Simulador de Caminhada Emagrece?

simulador de caminhada emagrece

Saiba se um simulador de caminhada emagrece ou se isso é mito!

Existem muitas formas de você fazer uma caminhada. Pode ser andando na rua, assim como ser em uma esteira elétrica. Contudo, caso você não goste de academia ou não tenha tempo para ir para a rua, uma forma muito eficaz de caminhar é usando um simulador de caminhada. Mas será que um simulador de caminhada emagrece?

No artigo de hoje vamos abordar tudo sobre esse aparelho e vamos lhe explicar se ele emagrece ou não. Como você já sabe, há muitos fatores envolvidos no emagrecimento, portanto depender apenas de uma máquina não é o recomendado.

Quanto ao preço, costuma ser muito mais barato do que uma esteira, uma bicicleta ergométrica e outros produtos do gênero. De qualquer forma, fique atento às dicas abaixo e saiba o que um simulador de caminhada pode fazer por você.

O que é e como funciona um simulador de caminhada?

simulador de caminhada o que é

Um simulador de caminhada é um aparelho voltado para a prática aeróbica. Além de simular o caminhar humano, esse aparelho permite que você faça o exercício muito perto da sua frequência cardíaca máxima.

Estima-se que possa chegar a 60 ou 70% dos batimentos cardíacos máximos. É nessa área que você queima mais gordura.

Esse monitoramento precisa ser feito durante a utilização do aparelho. Primeiro porque se você ficar abaixo dessa frequência cardíaca, não estará verdadeiramente queimando gordura. Dessa forma você pode dar um pouco mais do seu esforço para garantir aumento da frequência cardíaca.

Ao mesmo tempo, passar muito dos 70 ou 80% da sua frequência cardíaca máxima pode ser prejudicial. Se mantiver essa intensidade por muito tempo pode sobrecarregar o coração, levando a infartos ou outros problemas do gênero. Por isso é muito importante que consulte um médico antes de iniciar o uso de um simulador de caminhada.

Bom, como funciona o aparelho? Ele é bastante simples e não exige muito treino para ser dominado. Como pode ver na foto acima, são duas pás, uma para cada pé.

Em cada pá há uma haste na qual você precisa se segurar. Agora é movimentar os braços e as pernas para frente e para trás, de modo alternado, exatamente como faria em uma caminhada tradicional.

Os aparelhos mais modernos contam com um sistema de monitoramento bastante eficiente. Dá para ver calorias queimadas, distância percorrida, entre outras informações.

Maneiras de usar o simulador de caminhada

Muitas pessoas compram ou pensam em comprar esse aparelho pensando que o simulador de caminhada emagrece. Claro que ele interfere nisso, mas seu papel vai muito além de ajudar você a queimar quilos.

Nem todo mundo sabe, por exemplo, que, sim, caminhada emagrece, porém ela também ajuda a tonificar músculos de todo o corpo. Tudo vai depender da sua postura ao caminhar.

Quando caminhamos na rua isso é difícil de controlar. Já no simulador de caminhada, é muito mais fácil perceber seu corpo. Podemos dizer que esse aparelho pode ser usado de três formas diferentes relacionadas à postura corporal.

A primeira delas é a equilibrada ou neutra. Ou seja: as costas ficam sempre retas. O corpo fica alinhado, o que acaba por tonificar muito mais as pernas em geral e os braços do que qualquer outra parte do corpo.

A inclinada para frente exige-se que você incline o corpo um pouco na direção do monitor do aparelho. Tenha cuidado para não exagerar, pois pode ter problemas nas costas. Assim você irá treinar principalmente os glúteos e a parte de trás das coxas.

Por fim, inclinando-se para trás, o foco fica totalmente nas coxas e na panturrilha. Essa é a posição mais desconfortável e a que pode causar mais lesões. Os especialistas normalmente recomendam ficar sempre na neutra.

Simulador de caminhada emagrece em quanto tempo?

simulador de caminhada emagrece em quanto tempo

Os resultados obtidos com o simulador de caminhada não são imediatos, isso é importante dizer. Para que você emagreça efetivamente usando o aparelho, é preciso levar em conta muitos fatores que vão além do uso em si do produto.

Por isso não podemos afirmar que o simulador de caminhada emagrece em uma semana, em meio mês ou em três meses. Cada pessoa possui um organismo diferente, uma alimentação própria e uma carga de dedicação ao exercício que devem ser levadas em consideração.

Por isso abaixo explicamos quais fatores você precisa ter em mente se quiser usar esse simulador para emagrecer.

Entenda seu organismo

Quando falamos em organismo falamos em várias coisas. Peso, altura, porcentagem de gordura no corpo, genética, estrutura física são algumas delas. Por isso não queira se comparar com outras pessoas. Você é único e precisa se respeitar da forma que é.

Uma pessoa que tem pouca porcentagem de gordura no corpo para queimar com certeza vai queimar menos calorias por sessão de treino do que alguém que tem o dobro ou o triplo a ser queimado. Nossos corpos levam isso em consideração. Ou seja: quanto mais você tem a perder, mais você perde a cada sessão de treino intensa que faz.

Por isso não vale a pena se comparar com ninguém. Procure um médico especializado e faça uma avaliação de bioimpedância para saber exatamente quais são os seus números corporais. Assim ficará mais fácil traçar metas e você evitará ser consumido por frustrações no meio do processo.

Intensidade do treino

dicas de uso do simulador de caminhada

Especialistas afirmam que uma caminhada leve queima em média até 250 calorias por hora. Já uma caminhada intensa pode quase triplicar esse número no mesmo período de treino. Portanto não espere alta queima calórica se usar o aparelho por 10 minutos apenas e de forma pouco intensa.

O simulador de caminhada emagrece sim, contudo é preciso que o usuário utilize-o em sua máxima potência para isso.

Alimentação

A alimentação provavelmente é o condicionante mais complexo e mais importante dessa sucinta lista. Afinal, a regra para o emagrecimento é simples, é uma só e sempre foi clara: você precisa gastar mais calorias do que ingere e mais do que precisa. Todos os dias. Não tem mistério, tem?

Mas isso não significa simplesmente fechar a boca e parar de comer por completo, como muitas dietas radicais querem que você faça. Também não é necessário ficar contando calorias todos os dias, em cada refeição. O segredo é ter uma alimentação educada, equilibrada e que ofereça todos os nutrientes de forma saudável.

Portanto sim: o simulador de caminhada emagrece e você pode perder até 600 calorias em uma única sessão de treino. Mas imagine que o seu metabolismo basal é de 1600. Ou seja: você precisa ingerir minimamente 1600 calorias por dia. Com essas 600 perdidas, você gastou mais do que precisa para ficar bem.

O problema é se você consumir mais 1000 depois do treino ou mesmo no total do dia, além daquilo que precisa para manter o organismo funcionando corretamente. O cálculo é evidente: você terá gastado as 600 calorias, mas com as 1000 a mais, terá consumido 400 mais do que precisa por dia. O resultado não pode ser outro a não ser engordar.

Além disso, prestar atenção na qualidade dos alimentos que consome também é importante. Porque todos precisamos de carboidratos, porém não de qualquer um. Batata frita e arroz integral são carboidratos, no entanto o primeiro é péssimo, enquanto o segundo é ótimo. Pensar nessa questão é tão importante quanto o exercício físico em si.

Dicas de treino no simulador de caminhada

benefícios do simulador de caminhada

Caminhar é um dos exercícios mais completos e benéficos para o nosso corpo. É gratuito, não precisa de um local específico e pode ser realizado em qualquer hora do dia.

Com o simulador de caminhada é quase a mesma coisa. Apesar de ele ser um aparelho fixo, você também pode usá-lo sempre que quiser. Além disso, além da despesa de adquirir o produto, não há mais nada que precise pagar depois.

Mesmo com todas essas facilidades, nem todos os usuários conseguem usá-lo da forma correta, tirando dele todo o seu potencial. Abaixo trazemos algumas dicas simples e fáceis de seguir que vão lhe ajudar a aproveitar ao máximo seu novo aparelho.

Nunca esqueça de fazer um aquecimento

Todo e qualquer exercício físico, por mais simples que seja, exige que você faça um aquecimento prévio. A pior coisa que pode fazer é expor o corpo frio e em repouso a uma atividade de alta intensidade. Portanto antes de subir no aparelho, alongue-se com calma e sem forçar demais os músculos.

Foque em alongamentos e aquecimentos nas pernas, nos braços e no abdômen. Afinal, são esses os músculos que mais vai usar durante a prática física.

Depois que se alongou, pode subir no simulador de caminhada. Nele também é possível se aquecer. A melhor forma de fazer isso é começar a prática com uma velocidade muito lenta, quase em câmera lenta, diríamos. Gradualmente vá aumentando a velocidade, sempre que se sentir confortável para tal.

Cuide da respiração e da postura corporal

A respiração deve ser uma só independente da intensidade que está empregando na atividade física. Isso vale muito para quem vai correr, contudo também é pertinente para quem está caminhando. Se você estiver muito ofegante é porque não aguenta o ritmo, sendo esse um sinal para reduzi-lo ou mesmo para parar.

Lembra-se das posturas que explicamos acima? Elas são mesmo muito importantes no uso do simulador de caminhada. Não só em termos de tonificação muscular, mas também porque isso garantirá que não haja lesões.

Uma tática recomendada por especialistas é contrair sempre o abdômen quando for correr, caminhar e mesmo em exercícios de musculação. Novamente: isso ajuda a tonificar o músculo, porém nesse caso ainda serve como proteção para as costas.

Preste atenção na velocidade do exercício

caminhar emagrece

Diferente de uma esteira elétrica, em que você deve se adaptar à velocidade do aparelho, aqui quem dita a rapidez dos movimentos são os seus próprios movimentos. Alguns simuladores de caminhada mais recentes contam com níveis de peso diferentes nas pás e hastes, para dificultar a caminhada, o que obriga você a prestar mesmo atenção nisso.

Por isso, como falamos acima, o ideal é que comece devagar. Faça apenas 10 minutos, em baixa intensidade, todos os dias de uma semana. Na próxima, pode ir aumentando a intensidade, a velocidade e a amplitude de seus movimentos.

Tenha em mente que o simulador de caminhada emagrece mesmo apenas se você fizer uma sessão de treino de pelo menos 40 minutos. Quanto mais vezes por semana o seu condicionamento físico permitir se exercitar, melhor.

Desaqueça ao final do treino

O desaquecimento é tão relevante quanto o aquecimento. Há quem goste de simplesmente pular de uma esteira em movimento ou parar um exercício físico do nada. Isso não só é perigoso porque pode causar um acidente como pode prejudicar seus músculos com lesões incapacitantes.

Portanto nos últimos minutos de exercício você deve ir desacelerando aos poucos. Nada de movimentos bruscos! É preciso ir restabelecendo sua frequência cardíaca à normalidade. Caso não o faça, o risco de sentir tonto e de cair ao sair do aparelho são enormes.

Quando descer do simulador, faça-o de forma vagarosa e controlada. Alongue-se da mesma forma que se alongou no início. Preste atenção em sua respiração e sinta que está no controle do seu corpo.

Benefícios do simulador de caminhada

Os benefícios do simulador de caminhada são os mesmos da caminhada tradicional. Perda de peso, fortalecimento cardiovascular, melhoria da imunidade, alívio do estresse, entre outros tantos. Mas se fosse só assim, não seria preciso adquirir um produto desses. Por isso quais outros benefícios ele tem?

O principal é que ele permite que você caminhe em qualquer época do ano e em qualquer clima. Está chovendo na rua ou está um calor de rachar a cabeça? Sem problemas: fique no conforto da sua casa e simule aquela caminhada que gostaria de fazer na rua.

O impacto muscular e articular do simulador de caminhada é mínimo se comparado à corrida e à caminhada tradicional. Ou seja: se você tem problemas articulares ou está em sobrepeso ou obesidade mórbida, pode ser uma alternativa muito interessante usar um desses simuladores.

 

 

 

 

Crédito das imagens: Freepik