17 Benefícios da Pitaya: Tudo Sobre a Fruta

pitaya

Curiosa e saborosa, a pitaya é uma fruta exótica e muito saudável

A pitaya ou pitaia é uma fruta muito conhecida na Europa e na América Central. Com sabor levemente ácido e bastante doce, não se encontra com facilidade no Brasil. Mas se você gosta de variar a sua alimentação e procura ser mais saudável, deve conhecer tudo sobre esse alimento.

Pitaya e a sua saúde: 17 benefícios

pitaya fruta

É muito fácil gostar de pitaya (nome científico é Hylocereus Undatus, também conhecida como pitaya branca). Benefícios não faltam para que você adicione a fruta na dieta e tente consumi-la com mais frequência.

Veja 17 motivos para amar pitaya e consumi-la de diversas formas!

1. Boost imunológico

A pitaya é rica em vitamina C, mais que outros citrinos, como a laranja e o limão. Por isso, ela fortalece as defesas naturais do organismo. Em apenas 100 gramas da fruta você pode adquirir quase 35% da necessidade diária de vitamina C.

Ela também ajuda a estimular a atividade de outros antioxidantes, colaborando com a eliminação de radicais livres. Isso faz com que seu sistema imunológico trabalhe mais e melhor, evitando que você fique doente.

2. Adeus prisão de ventre

Se o seu intestino não é um reloginho, você precisa comer pitaya já. Ela é um excelente medicamento natural para o intestino preso. Composta por fibras, a fruta ajuda a induzir os movimentos intestinais peristálticos.

Ela também acelera a digestão de coisas que possam fazer mal. E é ótima para quem está com diarreia, pois estimula a produção do bolo fecal, fazendo com que os sintomas abrandem rapidamente.

3. Emagrece

É uma das frutas ligadas às dietas low carb, porque não possui muitos carboidratos. Além disso, sua polpa possui tiramina, uma substância que ajuda a diminuir o apetite e aumentar a sensação de saciedade. A fruta também é conhecida pelo seu pode de diminuir o desejo por doces.

4. Coração em dia

A pitaya, aliada a uma dieta saudável, ajuda a diminuir a hipertensão e inibir doenças cardiovasculares.

5. Diabetes

Por ser rica em fibras, a pitaya auxilia os diabéticos na estabilização dos níveis de açúcar no sangue. Isso diminui os picos exagerados no índice glicêmico, o que faz com que os diabéticos tenham uma vida mais próxima da normalidade.

6. Boa digestão

A fruta promove a boa digestão, ajudando o sistema digestório e produzindo movimentos intestinais saudáveis. Quem consome pitaya tem menos problemas como gastrite, úlcera, indigestão e infecções intestinais.

7. Menos colesterol

A pitaya é cheia de sementinhas pretas comestíveis. Elas são ótimas para a saúde, pois têm ácido linoleico, uma espécie de laxante natural que reduz os níveis de colesterol total em humanos.

Também ajuda a diminuir os níveis de triglicerídeos do organismo graças a presença de ácidos graxos.

8. Auxilia nas dores nas articulações

Quem tem artrite, artrose e outras doenças que afetam as articulações deve aumentar a ingestão de frutas como esta. A pitaya é anti-inflamatória e rica em cálcio, por isso ajuda a fortalecer ossos, cartilagens e articulações.

9. Boa memória

As sementes da pitaya contêm ômega 6. Este ácido graxo é um dos mais importantes para o nosso cérebro. Ele ajuda o órgão a permanecer no ritmo certo, prevenindo o envelhecimento e a perda da memória.

É o ômega 6 que incentiva o crescimento celular cerebral, muscular e epitelial. Ele atua também no sistema nervoso e é importante na produção de hormônios essenciais para a nossa saúde.

10. Eficaz no alívio da TPM

Justamente porque a fruta tem ômega 3 e ômega 6, ela ajuda a aliviar os sintomas da Tensão Pré-Menstrual (TPM).

11. Boa para a pele e para os cabelos

Por dentro, as muitas substâncias benéficas da fruta ajudam a pele o cabelo a ficarem mais saudáveis e sedosos. Mas também é possível fazer uso tópico da polpa para máscaras, hidratantes, xampus e mais.

Quem sofre com acne, por exemplo, pode fazer máscara de pitaya. Para diminuir a queda de cabelo, o suco da fruta pode ser aplicado no couro cabeludo.

Ele ajuda a ativar a circulação sanguínea na região, o que aumenta o crescimento do cabelo. Dermatologistas ressaltam que seu efeito nos cabelos é mais efetivo para quem realiza tratamentos químicos ou coloração.

12. Acelera o metabolismo

A pitaya é naturalmente termogênica, assim como o café, o chá verde e outras plantas. Ou seja, quem a consome, queima mais calorias, já que ela acelera o metabolismo.

13. Antioxidante

Um dos importantes benefícios da pitaya é proteger as células do organismo, já que a casca deste fruto é rica em polifenóis, que são antioxidantes. Estas substâncias ajudam a prevenir contra diversos tipos de câncer, especialmente o de cólon.

Também previnem o envelhecimento da pele, diminuindo a incidência de rugas e manchas provenientes da idade.

pitaya aumenta a massa magra

14. Substitui o leite

Para pessoas intolerantes a lactose ou com alergia ao leite, a pitaya, em termos nutricionais, é uma excelente substituta do alimento. Ela é abundante em cálcio, fósforo, potássio e outras vitaminas, que ajudam a proteger dentes e ossos de doenças como a osteoporose.

Inclusive, por ser extremamente saborosa, é comum encontrar cremes, mousses e sorvetes de pitaya como opções de sobremesa sem lactose ou vegana.

15. Aumenta a massa magra

A pitaya é uma boa fonte vegetal de proteína, podendo auxiliar em diversas áreas do nosso organismo. O metabolismo também pode ser acelerado através do alto consumo de proteínas, o que leva ao emagrecimento e ao ganho de massa muscular magra.

É uma fruta que consta no cardápio de atletas e pessoas fitness.

16. Antibiótica e anti-fugicida

A pitaya é ainda antibiótica e anti-fungicida, atuando diretamente no sistema imunológico. Isso pode ajudar no aumento da produção de glóbulos brancos, que são responsáveis por defender o corpo de toxinas.

Além disso, os glóbulos brancos podem impedir a entrada ou proliferação de bactérias ou fungos que causam infecções no organismo. Isso acaba estimulando a regeneração das células, deixando o processo de cicatrização muito mais rápido.

17. Altamente diurética

A pitaya é ótima para quem não costuma se lembrar de ir muito ao banheiro. Suas propriedades diuréticas colocam os rins para trabalhar melhor. Pode ser boa no tratamento de infecções urinárias e cálculo renal.

Pitaya: origem

pitaya amarela

A fruta é nativa da América Central e do México, e faz parte de uma família de cactos epífitos dos gêneros Hylocereus e Selenicereus. Assim como algumas superfrutas brasileiras, a pitaya só traz benefícios para o organismo.

Por causa da sua aparência cor-de-rosa espinhenta, é conhecida também por fruta do dragão. Pitaya quer dizer literalmente fruta escamosa, por causa da sua casca. Porém o seu interior é macio e suculento.

Existem pelo menos três diferentes tipos da fruta: amarela, branca e vermelha. Atualmente ela é cultivada no mundo todo. No Brasil, boa parte do cultivo é feito em Santa Catarina, porque a fruta cresce bem junto do mar e em climas mais quentes.

O valor do quilo gira em torno de R$ 15,00. Mas, apesar do preço salgado, os benefícios da fruta justificam o gasto. Cada fruta pesa em média entre 150 e 600 gramas. Entretanto, algumas podem chegar a ter 1 kg.

Curiosamente a pitaya só floresce de noite e só precisa de uma noite de polinização para dar fruto. Por isso, em alguns países é chamada de “flor da noite”.

Pitaya: sabor cítrico

O sabor da fruta é muito semelhante ao do kiwi, só que mais adocicado. Há quem diga que parece a mistura do melão com o kiwi. Quando estão maduras, são fáceis de descascar, tal como uma banana. É só puxar a casca e pronto!

As sementes são comestíveis e pequenas. Não interferem no sabor da fruta e não fazem mal, pelo contrário.

Informação nutricional da pitaya

ComponentesQuantidade por 100 gramas
Energia50 calorias
Água85,4 gramas
Proteínas0,4 gramas
Gorduras0,1 gramas
Carboidratos13,2 gramas
Fibras0,5 gramas
Vitamina C4 miligramas
Cálcio10 miligramas
Fósforo16 miligramas

Pitaya: como comer?

pitaya decorativa

Por ser uma fruta tão diferente, muita gente não faz ideia de como comê-la. É muito simples, na verdade. Não se come a casca, o resto pode-se comer cru ou de qualquer outra forma.

Fica ótima em saladas, com outras frutas, em sorvetes, geleias, sucos, compotas, tortas e outras sobremesas. A polpa fresca ou congelada pode ser utilizada no preparo de várias delícias. E fechada, ela dura algumas semanas na geladeira.

Depois de aberta, consuma em, no máximo, dois dias. Confira abaixo algumas receitas com a pitaya e suas variações. Aprenda a utilizá-la na sua dieta!

sorvete de pitaya

Receita caseira de sorvete de pitaya rosa

A pitaya rosa tem uma cor natural que a torna excelente para sobremesas. Então, ela é a estrela deste sorvete caseiro saudável, feito com leite de coco, castanha de caju e açúcar demerara.

Ingredientes:

  • A polpa de uma pitaya rosa com caroço;
  • Uma lata de leite de coco;
  • 10 gramascastanha-de-caju crua;
  • Coco em flocos a gosto;
  • Duas colheres de sopa de açúcar demerara.

Modo de Preparo:

Para essa receita, convém deixar a castanha-de-caju de molho em água por pelo menos oito hora. Então, recomendamos que faça isso de um dia para o outro.

Na hora de preparar a receita, misture a castanha escorrida com os outros ingredientes e bata no liquidificador.

Quando o creme estiver bem homogêneo, leve ao freezer e deixe congelar por algumas horas. Depois é só decorar com mais coco ralado servir e saborear!

iogurte de pitaya

Iogurte fitness de pitaya

Outra opção vegana e sem lactose para um cardápio saudável e nutritivo. Esse iogurte é uma delícia e seus filhos nem vão acreditar que é realmente feito em casa. Além disso, a receita é muito simples. Confira!

Ingredientes:

  • Uma porção de pitaya sem a casca;
  • 300 ml de leite de coco ou amêndoa;
  • Um colher de sopa de suco de limão;
  • Três gotas de adoçante culinário ou Stévia;
  • Um sachê de gelatina vegetal ágar-ágar;
  • Raspas de limão e frutas picadas para decorar.

Modo de preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador e coloque na geladeira. Acrescente as raspas de limão e as outras frutas somente na hora de servir o iogurte.

pudim de pitaya

Pudim de pitaya

Esqueça o pudim de leite condensado. O pudim de pitaya é muito mais saboroso e muito menos calórico. Não é ótimo comer um doce sem sair da dieta?

Ingredientes:

  • Meia xícara de chá de água;
  • Meia xícara de chá de chia;
  • Um sachê de gelatina incolor sem sabor ou de ágar-ágar;
  • Uma pitaya intiera da sua preferência. Com a vermelha o seu pudim fica mais bonito;
  • Uma embalagem de leite de coco;
  • Duas colheres de sopa de açúcar mascavo.

Modo de preparo:

Coloque a água em uma tigela pequena com a gelatina ou o ágar-ágar e reserve por cinco minutos. Em seguida, coloque o leite de coco e o açúcar em uma panela para ferver em fogo médio.

Retire a polpa da pitaya e esprema com um garfo e leve a panela. Acrescente a gelatina e misture por um minuto.

Coloque em uma refratária e leve à geladeira por pelo menos quatro horas. Decore com geleia de pitaya e sirva sempre gelado.

sagu de pitaya

Sagu de pitaya com frutas

Sagu é aquela coisa que todo mundo adora. E o sagu de pitaya é, no mínimo, uma sobremesa muito exótica. Esta receita rende pelo menos 15 porções e é uma boa para dias quentes de verão, aniversários e eventos.

Ingredientes:

  • Meio pacote de sagu;
  • Meio abacaxi picado;
  • Duas pitayas picadas;
  • Dois paus de canela;
  • Três kiwis picados;
  • Seis morangos picados;
  • Meio copo de groselha;
  • Meio copo de suco de maracujá;
  • Meio copo de vinho tinto;
  • Seis colheres de açúcar.

Modo de preparo:

Coloque o sagu de molho em água até cobri-lo. Quando ficar transparente, junte o abacaxi e a canela leve ao fogo até ferver. Depois, acrescente o resto dos ingredientes mexa até dar o ponto.

Dica: se quiser fazer esta receita para um evento mais sofisticado, pode colocar o pudim dentro d casca da fruta, como na foto acima.

detox de pitaya

Suco detox de pitaya rosa

Sabe aqueles dias que você não consegue ir ao banheiro de jeito nenhum? Esse suco detox de pitaya ajuda você a liberar o intestino preso rapidinho. Além disso, ele proporciona diversos outros benefícios e ajuda o seu organismo a regenerar o fígado.

Ingredientes:

  • Uma pitaya rosa inteira sem casca;
  • Cinco folhas de hortelã;
  • Meio limão espremido;
  • Um pedaço pequeno de gengibre;
  • Um talo de salsão;
  • 250 ml de água de coco.

Modo de preparo:

Bata todos os ingredientes no liquidificador e beba em seguida. Não deve guardar o suco pronto para beber mais tarde, pois ele perde os nutrientes.

Cosméticos de pitaya

Como vimos, a pitaya é uma fruta que transforma sua pele de dentro para fora e de fora para dentro. Por isso, separamos algumas receitas de cosméticos caseiros para você testar com a fruta.

Além de fáceis e eficazes, você gasta menos cuidando da sua pele através deste método natural. A pitaya é uma fruta que é cultivada sem a necessidade de agrotóxicos, ou seja, é naturalmente biológica e, por isso, não é agressiva para a sua saúde.

Os cosméticos caseiros a base da fruta são excelentes para quem possui alergias aos componentes dos produtos industrializados. E, por conta das propriedades da pitaya, todas as receitas abaixo são rejuvenescedoras e antienvelhecimento.

cosmético de pitaya

Máscara antirrugas

A maior vantagem desta máscara é que ela pode ser utilizada por quem tem a pele oleosa. Aliás, ela ajuda a inibir a acne. Simples e barata, a máscara de pitaya funciona melhor que muitos produtos industrializados. Com o benefício também de ser 100% natural.

Ingredientes:

  • Meia pitaya vermelha esmagada;
  • Meio pacote de gelatina incolor já diluída.

Modo de preparo:

Em um processador, bata os dois ingredientes até formar uma pasta. Passe uniformemente sobre o rosto e deixe agir por 15 a 20 minutos.

Enxágue em água abundante. Pode repetir o processo uma ver por semana.

Lembre-se, por que a pitaya é uma fruta cítrica, você não deve passar esse creme antes da exposição ao sol. Opte por fazer a receita à noite.

condicionador de pitaya

Condicionador de pitaya

Os poderes da pitaya para o cabelo são tão bons que o Boticário tem uma linha inteira dedicada a fruta. Mas você pode fazer a sua própria máscara em casa, sem gastar muito e com muito mais nutrientes que a versão processada.

Quem tem o cabelo crespo ou cacheado pode e deve aplicar essa misturinha uma vez por semana, para hidratar os cachos. As pessoas com cabelo mais oleoso podem fazer uma vez por mês e devem evitar o contato com as raizes do cabelo.

Ingredientes:

  • Duas colheres de sopa de Maizena;
  • Duas colheres de sopa de pitaya;
  • Duas colheres de sopa de água mineral;
  • Uma gota de óleo essencial de argan.

Modo de preparo:

Primeiro lave os cabelos com xampu sem sal duas vezes, para remover as impurezas dos fios. Depois retire o excesso de umidade e aplique sua máscara de hidratação preferida.

Por cima do condicionador, você aplicará a mistura a seguir. Em uma panela limpa misture a pitaya triturada, a maizena, o óleo de argan e a água.

Cozinhe em fogo baixo, mexendo sempre. Quando o creme engrossar estará pronto. Deixe esfriar até que consiga manipulá-lo com as mãos.

Aplique por cima do concionador ainda quente e deixe agir por pelo menos 30 minutos. Então, lave os fios com água fria tirando toda a mistura, mas sem usar nenhum tipo de xampu. Finalize como desejar.

 

 

Fontes: G1, ScienceDirect e Lider Agronomia

Crédito das imagens: PxHere, UnsplashEverypixel