Lichia: 25 Benefícios Incríveis Para Amar a Fruta Já

lichia

Quer saber tudo sobre a lichia?

A lichia pode não ser uma frutinha comum pelo Brasil a fora e o preço pode ser salgado, em vez de doce. Apresentamos tudo sobre a lichia. Benefícios e malefícios, como comer, como fazer chá de lichia e mais, você verá ao longo do artigo abaixo.

Mas os benefícios que ela traz para a sua saúde compensam o investimento. Além disso, você já encontra com facilidade a versão em conserva. O motivo pelo qual a fruta não é uma constante no prato do brasileiro é que ela é proveniente de regiões muito quentes da Ásia.

Por isso, por aqui, você só encontra lichia no auge do verão. Nas regiões mais ao sul, pode ser um pouco mais difícil o acesso a ela.

Valores nutricionais – A cada 100 gramas de fruta

Calorias60 calorias
Carboidratos16,53 gramas
Proteínas0,83 gramas
Gorduras totais0,44 gramas
Fibras dietéticas1,3 gramas
Niacina0,603 miligramas
Colina7,1 miligramas
Piridoxina0,100 miligramas
Riboflavina0,065 miligramas
Vitamina C71,5 miligramas
Vitamina K0,4 miligramas
Sódio1 miligramas
Potássio171 miligramas
Cálcio5 miligramas
Cobre0,148 miligramas
Ferro0,31 miligramas
Magnésio10 miligramas
Manganês0,055 miligramas
Fósforo31 miligramas

25 Benefícios da Lichia para a Saúde

benefícios da lichia

Se você nunca provou uma lichia, ao final deste texto terá 25 motivos para come-la todos os dias.

1. Pele em dia

A lichia é uma fruta levemente cítrica com sabor adocicado. O que confere esta característica a ela é a concentração de vitamina C. A vitamina é responsável pelo rejuvenescimento e pela proteção da pele.

2. Adeus acne

Pela mesma razão acima, comer pequenas porções de lichia todos os dias pode ajudar a reduzir a acne persistente.

3. Não engorda

A lichia é uma daquelas frutas liberadas em qualquer dieta, pois tem poucas calorias. Cada 100 gramas da fruta equivalem a apenas 60 calorias em média. Quem pratica dieta low carb ou paleo pode comer à vontade, pois a lichia ajuda a emagrecer!

combate a acne

4. Reduz o LDL

A lichia ajuda a reduzir a Lipoproteína de baixa densidade (LDL), que é considerada o colesterol ruim. Isso ocorre porque a fruta é rica em antioxidantes. Entre eles, as proantocianidinas são as responsáveis por baixar o LDL.

Essas substâncias também auxiliam o corpo na produção do Lipoproteína de alta densidade (HDL), o colesterol bom.

5. Função anti-inflamatória

Por ser rica em antioxidantes, a fruta permite a redução de pequenos processos inflamatórios no corpo.

6. Unhas mais bonitas

Suas unhas andam fracas e quebradiças? Pode ser falta de vitamina B. Além de ter grande concentração dessa vitamina, a lichia favorece o fortalecimento das unhas. Consumir a fruta deixa suas unhas mais bonitas literalmente de dentro para fora.

7. Alimento completo

Você pode substituir a maçã pela lichia na frase: “uma maçã por dia mantém o médico longe”. De acordo com médicos e nutricionistas, uma xícara de lichia por dia ajuda a manter a saúde e ainda contribui para a dieta. A lichia possui ainda nutrientes essenciais e micronutrientes tais como diversos minerais e as vitaminas hidrossolúveis.

lichia é um alimento completo

8. É rica em cobre

A fruta é uma das melhores fontes de cobre para o organismo, o que pode ser ótimo para vegetarianos e veganos. O cobre é essencial para a formação do colágeno da pele, ajuda a combater a anemia, estimula a produção de melanina e previne o envelhecimento precoce.

9. Bom para problemas de tireoide

Como a lichia é rica em cobre, ela ajuda a estimular o bom funcionamento da glândula hormonal. Porém vá com calma. O cobre em excesso pode desregular a tireoide com facilidade.

Se já come outros alimentos que contenham a substância, melhor comer a lichia com moderação.

10. Cabelos longos

A fruta pode ser utilizada em diversos tratamentos de beleza. Os mais comuns são para unhas e cabelos.

Misturar lichia com o a aloe vera da babosa pode resultar em um creme capilar potente para estimular os folículos pilosos. Isso faz com que o cabelo cresça mais rapidamente e em maior quantidade.

11. É bom para o seu estômago

A lichia é originária da China. Suas propriedades adstringentes são tão boas e populares que os chineses consomem a fruta após as refeições com o intuito de ajudar a digestão e de aliviar doenças do estômago. A fruta também é bastante aquosa, o que permite a melhor dissolução das fibras.

chá de lichia

12. Previne a catarata

Quem come lichia com certa frequência ingere fitoquímicos com propriedades antioxidantes. Esses fitoquímicos auxiliam na prevenção do crescimento de células anormais, como no caso da catarata.

Aliás, essa doença, que causa deficiência visual, pode ser completamente evitada apenas com uma alimentação boa e um estilo de vida saudável.

13. Coração saudável

A lichia é rica em um polifenol chamado oligonol. Ele atua na redução da gordura visceral, aquela que temos em volta a barriga e próximo dos culotes. Esta gordura é uma das mais prejudiciais a nossa saúde.

Quem cria o hábito de comer lichias, já ajuda o corpo a eliminar o excesso de gordura visceral. Isso é ótimo para sua saúde cardíaca. O oligonol também promove a produção de óxido nítrico. Essa substância dilata os vasos sanguíneos, permitindo a melhor circulação do sangue. Isso também reduz o desgaste do coração.

14. Previne o surgimento de tumores

Há muitos alimentos que são considerados anticancerígenos, por contribuir para evitar a manifestação de tumores malignos no organismo. A lichia é um deles!

A sua alta concentração de antioxidantes e de flavonoides impede que as células cancerígenas se multipliquem com facilidade. A lichia, nesse aspecto, é mais indicada para pessoas com tendência a desenvolver tumores de mama.

15. Mais potássio que a banana

A fruta é riquíssima em potássio, mais que a banana. A substância é ótima para quem pratica atividade física de impacto. Ela ajuda a reduzir o índice de câimbras, armazenando proteínas musculares.

Uma boa dica é comer algumas lichias antes do treino, para garantir a eficácia e a durabilidade.

16. Boa para os ossos

Cada 100 gramas de lichia contêm 5 miligramas de cálcio. Isso já corresponde a 0,5% da sua necessidade diária. Pode parecer pouco, mas para quem não pode beber leite, é mais uma fonte de cálcio disponível.

O zinco e cobre presentes na fruta também ajudam a melhorar as funções da vitamina D para alcançar a assimilação do cálcio e, assim, conseguir o reforço ósseo necessário.

lichia tem cálcio

17. Saúde dos intestinos

Assim como a fruta é ótima para seu estômago, também é boa para os intestinos. A lichia contém fibras solúveis.

Elas permitem que seu intestino não fique preso. Se você costuma ficar trancada por muitos dias, a resposta é comer mais lichia.

18. Controla a pressão

Quem tem a pressão arterial instável pode consumir a fruta com o intuito de devolver o equilíbrio ao organismo. Isso porque o potássio presente da lichia atua contra os efeitos nocivos do sódio, o principal responsável pelos desajustes da pressão arterial.

Além disso, a vitamina C e os outros nutrientes presentes nessa fruta também contribuem para diminuir a pressão e mantê-la sob controle.

19. Ácido fólico

Os benefícios da lichia na gravidez são muitos. Destaca-se, contudo, o ácido fólico, que está presente nas frutas ricas em vitamina C e que pode ajudar a evitar malformação do bebê. Uma xícara de lichias por dia é suficiente para a futura mamãe garantir a saúde do seu bebê.

20. Acelera o metabolismo e emagrece

Já vimos acima que a fruta ajuda a reduzir a gordura visceral. Porém a fruta também acelera o metabolismo, pois auxilia na queima calórica diária. Comer lichia antes de fazer exercícios aeróbicos, por exemplo, aumenta a perda de peso em até 15%.

21. Cura queimaduras causadas pelo sol

Você tomou um escaldão na praia? A lichia resolve! Basta extrair o suco de três frutinhas e misturar com uma cápsula de vitamina E. Utilize essa combinação direto na área que foi afetada e comprove você mesma a eficácia.

É uma das melhores formas naturais de lidar com esse tipo de problema.

22. Combate problemas respiratórios

A fruta, por ser rica em vitamina C, é um ótimo expectorante. Ela também ajuda a alavancar o sistema imunológico, especialmente durante as gripes e os resfriados.

23. Versatilidade

Apesar da lichia não ser encontrada fresca o ano todo com facilidade, a fruta é extremamente versátil. Você a encontra em cápsulas, em chás, enlatada, em vinhos, em conservas e em uma infinidade de produtos.

Pode adicioná-la em sucos, em bolos e em outros tipos de receita. Sem falar que é uma sobremesa saborosa e nutritiva.

24. Vitaminas do complexo B

Entre as muitas vitaminas que a lichia oferece, as do complexo B são as que se destacam. A fruta possui altas doses de vitaminas B2 e de vitamina B6.

Elas têm a função de ajudar o corpo a produzir energia. Isso ajuda a converter os carboidratos em glicose. As vitaminas do complexo B também são boas para manter o sistema nervoso saudável e também para a produção de alguns hormônios.

25. Diminui a glicose no sangue

A lichia possui uma substância chamada hipoglicina, que altera o metabolismo da glicose pelo corpo e faz com que os níveis de glicose no sangue sofram reduções de modo natural.

Lichia: Para que serve?

Os benefícios são muitos. Voce pode comer a planta, passar seu extrato na pele e no cabelo, entre outras coisas. Com a lichia você pode fazer muitas coisas.

O caroço de lichia é comestível? Não há indicações de que o caroço da fruta possa mesmo fazer mal, porém tem um forte sabor amargo e não costuma ser utilizado, assim como sua casca.

Já o sabor da fruta é doce e delicioso, tornando impossível você não gostar de lichia. Como comer? É simples, basta soltar a casca rugosa pelas extremidades, remover a polpa e delicadamente remover o caroço, que se parece com uma castanha marrom.

chá de lichia

Chá de lichia

O chá da fruta é muito usado na China para curar diversas indisposições estomacais, inclusive a diarreia. Mas a bebida também é boa para dores de garganta e para resfriados.

Por ter um aroma e sabor suaves, é o chá ideal para dar às crianças. O chá da casca da lichia pode ser utilizado em processos de emagrecimento, uma vez que a casca possui ainda mais propriedades que a fruta em si. Você encontra o chá pronto para consumo em diversas lojas especializadas, porém fazê-lo em casa tem seu valor.

Aprenda a fazer um chá que, além de ter um sabor ótimo, é bom para a sua saúde.

Ingredientes:

  • Um litro de água;
  • 10 cascas de lichia;

Modo de preparo:

Para fazer o chá da fruta, é indicado primeiro deixar as cascas separadas secando ao sol por pelo menos um dia.  Após essa secagem, basta adicionar as cascas à água já em processo de fervura, abafar e esperar de três a cinco minutos. Pode beber o chá três vezes ao dia, antes das principais refeições.

Suco detox com lichia

detox lichia

Essa receita é um termogênico natural. A lichia é um fruta bastante hidratante e suculenta, por isso seus sucos são excelentes e refrescantes. Esse detox é bom para quem quer emagrecer com saúde. Confira!

Ingredientes:

  • Um copo de água de coco;
  • Oito lichias, sem caroço ou casca, apenas a polpa;
  • Um punhadinho de folhinhas de hortelã frescas;
  • Gelo picado.

Modo de preparo:

Basta bater todos os ingredientes no liquidificador e tomar imediatamente. Se quiser, pode fazer igual à receita acima, porém substituindo a água de coco por suco de laranja natural. Isso potencializará sua dose diária de vitamina C, fortalecendo seu sistema imunológico e protegendo você de pequenas infecções respiratórias.

Como plantar lichia?

A fruta é sazonal e, portanto, pode ser muito cara. Plantá-la em casa poderá ser a solução para garantir o seu consumo sem ter que gastar muito. É importante saber, no entanto, que a árvore da lichia pode chegar a 15 metros de altura.

Mas plantá-la assim só dará frutos após 12 anos, pelo menos. Por isso, a melhor forma é comprar uma muda já enraizada e transplantá-la em seu jardim ou em um vaso grande, e esperar dar a primeira leva de cultivo, que leva bem menos tempo.

Lembre-se que a plantinha precisa de muito sol e de um local arejado. Se quiser saber mais sobre o plantio da fruta, assista o vídeo abaixo. Razões não faltam para consumir essa fruta!

 

 

Fonte: G1, Gazeta do Povo e Mundo Educação

Crédito das imagens: PxHere e Freepik