Home Saúde Financeira Previdência Social Saiba como pagar INSS pela Internet em poucos passos

Saiba como pagar INSS pela Internet em poucos passos

INSS oferece site para calcular e pagar dívidas previdenciárias antigas

As agências do Instituto Nacional do Seguro Social estão fechadas há seis meses, desde o início da pandemia de coronavírus no país. Com isso, aumenta a necessidade de entender como pagar INSS pela Internet.

Essa possibilidade de pagar contribuições sem de fato comparecer a uma central de atendimento da Receita Federal ou do INSS, já existe há alguns anos. No entanto, ainda não é de conhecimento de todo o público.

É possível gerar o Guia da Previdência Social (GPS) através do site oficial do INSS, vinculado ao ministério da Economia.

A guia pode ser gerada para um período específico. Contudo, apenas para os casos em que os débitos existentes sejam inferiores aos últimos cinco anos.

Saiba como pagar INSS pela Internet em poucos passos
Saiba como pagar INSS pela Internet em poucos passos

Leia mais: Metade dos brasileiros com 60 anos de idade diz não se sentir idoso, aponta pesquisa

Mostraremos, portanto, as maneiras de emitir guias de pagamento para contribuições previdenciárias em atraso.

Como pagar INSS pela Internet

Existe duas possibilidades de pagar contribuições previdenciárias sem a necessidade de se deslocar para agências físicas ou à rede bancária.

  • Uma delas é através do link http://sal.receita.fazenda.gov.br/.
  • Ao acessá-lo (o link informado acima), o contribuinte estará acessando o Sistema de Acréscimos Legais (SAL), que tem como objetivo calcular as contribuições previdenciárias em débito e criar um guia para pagamento.
  • Para isso, basta escolher qual a sua categoria (autônomo, doméstico, facultativo ou segurado especial);
  • Em seguida, deve inserir o número do NIT/PIS/PASEP e clicar em confirmar para gerar o seu guia de pagamento das contribuições atrasadas.

A segunda maneira de pagar sem sair de casa é através do aplicativo “Meu INSS”, disponível para smartphones.

Nesse caso, o aplicativo irá redirecionar o contribuinte à mesma página mostrada acima. Ou seja, os mesmos passos servem para ambas as opções.

Leia também: Consulta pública Bolsa Família: saiba como ter acesso à lista de beneficiários

Reabertura das agências do INSS acontece na próxima semana

Depois de seis meses de portas fechadas, em função da pandemia no país, as agências do INSS vão reabrir a partir da segunda-feira (14).

A reabertura gradual das agências do INSS permitirá o atendimento a cerca de 900 mil requerimentos que estão parados desde o início da pandemia.

Vale ressaltar que a recomendação é de que só compareça a uma agência física caso necessite de um atendimento dos quais o INSS julgou que são necessários comprovar documentos pessoalmente.

Leia ainda: Máquina de cartão SumUp On é sem consulta ao SPC e Serasa

Gostou desta matéria e quer mais conteúdo relacionados? Siga nossas redes sociais: FacebookInstagramTwitter e Pinterest.

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

Avatar
Victor de Freitas
26 anos. Jornalista, formado pela Unijorge. Redator e editor em portais com temáticas de finanças, cidadania, economia, política, cultura e esportes. Atuante nos sites SaúdeLab, Diário Prime e Giro Econômico.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Os mais lidos

É possível portabilidade para financiamento imobiliário Itaú? Entenda

A portabilidade para financiamento imobiliário Itaú é possível de ser feita? Após o lançamento das novas linhas de crédito para imóveis oferecidas pelo banco, essa...

Dieta sem glúten: entenda porque ela faz bem à saúde

De acordo com profissionais de saúde e nutrição, adotar uma alimentação sem glúten é possível e pode ser extremamente benéfica a portadores da doença...

Descubra o que é necessário antes de iniciar atividade física

A atividade física é fundamental para qualidade de vida e prevenção de doenças, sendo recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Mas antes de...

Violência financeira contra o idoso; entenda mais e fique atento

A violência financeira contra idosos atinge diversas vítimas podendo ser devastadora e, em muitos casos está atribuída a familiares, amigos de confiança e cuidadores,...