A memória não é a mesma? No caso da mulher, a causa pode ir além da idade

A diminuição dos níveis de estrogênio afeta a função cerebral

0
120
Menopausa e memória
Menopausa e memória. Foto: Freepik.

Caso já esteja na faixa etária dos 40 ou 50 anos, à beira da menopausa, é normal que você apresente problemas com a memória, o melhor uma “névoa cerebral” – como uma súbita incapacidade de lembrar fatos simples, nomes ou datas. Portanto, hoje, 25/10, saiba mais no SaúdeLab.

Com a frequente perda de memória, algumas mulheres temem que seja um sinal precoce da doença de Alzheimer ou demência .

Menopausa e memória
A menopausa pode ser a causa de problemas com memória. Foto: Freepik.

Se isso lhe parece familiar, não se preocupe. Assim, quando você leva em consideração sua idade, esses sintomas provavelmente não significam que você também está desenvolvendo demência ou Alzheimer. Aliás, ter dificuldade em lembrar esse tipo de coisa é um sintoma típico tanto da menopausa quanto após ter um bebê.

Perda de memória: hormônios podem estar envolvidos

De acordo com a médica especialista em saúde feminina Holly L. Thacker, a redução dos níveis de estrogênio da menopausa ou da gravidez pode afetar a função cerebral e causar esses lapsos momentâneos de memória.

Portanto, aqui estão alguns fatos que o Dr. Thacker descreve para observar a diferença entre ter problemas para se lembrar de coisas devido à menopausa e problemas de memória relacionados à doença de Alzheimer ou demência.

Fatos para aliviar sua mente sobre “falhas” de memória:

  • Pessoas com Alzheimer nem sempre estão cientes de sua condição para reconhecê-la e contar ao médico;
  • Os primeiros sinais do Alzheimer costumam ser o esquecimento de como realizar atividades, como dirigir da loja para casa ou procurar palavras (não a incapacidade de lembrar nomes ou, digamos, o sobrenome de um colega);
  • Geralmente, as pessoas com Alzheimer são muito mais velhas do que as mulheres que estão passando pela menopausa – o que geralmente acontece entre os 40 e 50 anos;
  • O “nevoeiro cerebral” da meia-idade é tratável. A terapia hormonal mostrou aguçar a mente da menopausa e pode ajudar a protegê-la de futuras perdas de memória. De acordo com o National Institute of Health , a terapia hormonal após a menopausa também pode trazer benefícios à saúde relacionados à memória. Consulte seu médico para discutir qualquer declínio significativo em sua memória à medida que a menopausa progride;
  • Exercitar seu cérebro pode ajudar. Exercitar o cérebro é outra maneira de manter a forma mental. Se sua atividade ou trabalho diário regular é principalmente do lado esquerdo do cérebro (o lado esquerdo do seu cérebro é o pensamento ou lado lógico), então mude para fazer atividades do lado direito do cérebro (o lado direito do seu cérebro é o seu centro criativo ligado à criação da música, arte e imaginação) – e vice-versa.

Por exemplo, se você trabalha como contador, faça algo fisicamente ativo ou criativo em seu tempo livre. Por outro lado, se você passa a maior parte de sua atividade diária em trabalho criativo, tente ler, escrever ou atividades ou jogos de resolução de problemas.

Menopausa: ideias estimulantes para o cérebro

“Algumas das melhores maneiras de ajudar seu cérebro a permanecer em forma e ativo para neutralizar parte da névoa de memória que você experimenta durante a menopausa ou gravidez também podem ser muito divertidas”, diz o Dr. Thacker.

menopausa e memória
A menopausa pode afetar as memória. Foto: Freepik.

Assim, aqui estão algumas atividades recomendadas que envolvem seu cérebro para mantê-lo afiado.

  • Faça palavras cruzadas;
  • Jogue jogos de aplicativos de telefone, jogos de tabuleiro ou xadrez;
  • Faça uma caminhada vigorosa;
  • Leia um romance;
  • Comece a dançar;
  • Experiências positivas no dia a dia;
  • Aprenda uma língua estrangeira;
  • Medite.

“O importante é envolver e desafiar os dois lados do cérebro”, diz o Dr. Thacker. “A meia-idade pode ser o início de seus melhores anos – e você tem a capacidade de garantir que isso aconteça para seu corpo e sua mente.”

Portanto, foque no seu bem-estar e priorize sua saúde, afinal, você não tem a obrigação de dar conta de tudo!

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here