O que fazer para melhorar a alimentação e imunidade? Nutricionista dá dicas incríveis

É preciso o equilíbrio na alimentação diária, pois sempre será a melhor estratégia para ter saúde

4
alimentação melhora imunidade
O que fazer para melhorar a alimentação e imunidade? Nutricionista dá dicas incríveis | Foto: iStock/Dejan Ristovski

Diante da pandemia do COVID-19, sabemos que temporariamente, algumas modificações em nossa rotina estão sendo necessárias. Diante disso, uma alimentação saudável é primordial para ter saúde, e sobretudo MUITO importante para manter o sistema imunológico em ótimas condições, ou seja, deixar o corpo protegido contra doenças. Mas você sabe o que é necessário para melhorar a alimentação e imunidade? A resposta será dada logo adiante. Portanto, prossiga e esteja alerta para as dicas de hoje aqui no SaudeLab.

Eu sou a Nutricionista Cristiane Botelho da Silva, e descrevo a seguir como fortalecer as defesas do seu organismo e quais os alimentos incluir no cardápio para obter esse êxito.

E claro, sem esquecer das medidas de higiene necessárias para evitar as contaminações com vírus e bactérias.

Confira também: O que muda na vida e na alimentação da mulher depois dos 40 anos? Saiba mais

imunidade e alimentação
Como fortalecer as defesas do seu organismo? | Fonte: Dermaflora

O que é a imunidade do corpo humano?

Primeiramente, saiba que a imunidade nada mais é que a defesa do corpo contra invasões de agentes nocivos. Em outras palavras, quando o organismo se sente ameaçado por algum ‘corpo estranho’, logo reúne células para impedir o ataque das bactérias ou vírus, por exemplo.

Dicas para melhorar a alimentação e imunidade

A alimentação é uma poderosa ferramenta para uma boa imunidade, e certamente, você já deve ter ouvido falar sobre isso. Todavia, é preciso o equilíbrio na alimentação diária, pois sempre será a melhor estratégia para a manutenção da defesa dos seu organismo contra doenças.

Suplementos podem até ser bem-vindos, mas o primeiro passo é manter uma boa rotina alimentar. Você sabe quais são esses aliados e o que podem fazer pela sua saúde?

alimentos
O equilíbrio na alimentação diária sempre será a melhor estratégia para a manutenção da defesa (Imagem: Folha Vitória)

 Alimentos para incluir na rotina e aumentar a imunidade

Confira a seguir alguns desses alimentos e suas propriedades para não faltar nas refeições.

Alho: além das propriedades, possui efeito antioxidante, que pode auxiliar no combate aos radicais livres que geram estresse ao organismo e, consequentemente, redução do sistema imunológico.

Alimentos ricos em vitamina C: Laranja, Limão, Goiaba, Kiwi, Mexerica. Sua ação antioxidante combate os radicais livres, o que auxilia na manutenção da imunidade.

Própolis: é um produto proveniente das colmeias e tem como principais propriedades, ação anti-inflamatória, antioxidante (combate radicais livres), antimicrobiana (inibe crescimento microbiano) e possui ainda atividade imunomoduladora, estimulando a produção de anticorpos. O ideal é que dilua em líquidos e pela manhã.

Água: a hidratação é fundamental para o funcionamento do corpo, sendo vital para as células do sistema imunológico. Por isso, não espere a sede chegar: mantenha sua garrafinha sempre por perto e beba água várias vezes ao dia. Sua saúde agradece!

NA PRÁTICA…

O consumo desses alimentos deve ser incorporado à sua rotina alimentar para auxiliar na modulação da imunidade, ou seja, manter as células saudáveis para atacar todos os invasores que causam danos ao organismo. É importante lembrar que nenhum alimento sozinho é capaz de prevenir ou tratar nenhum problema de saúde, OK?

Nesse sentido, o Ministério da Saúde nomeia algumas medidas para colocar em prática, pois de nada adianta saber como agir e não aplicar na rotina diária.

Alimentação
Escolha uma vida saudável | CréditoBarbacenaMais

Saiba também: Os reflexos da pandemia no comportamento humano

Veja o que você precisa saber para manter bons hábitos alimentares

  1. Faça dos alimentos in natura ou minimamente processados a base da sua alimentação. Prefira frutas, legumes, verduras, ovos, carnes, leite, arroz, feijão…
  2. Planejar o uso do tempo para dar à alimentação o espaço que ela merece.
  3. Utilize óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades no preparo das refeições.
  4. Ser crítico quanto a mensagens e dados sobre alimentação em propagandas e redes sociais.
  5. Limite o consumo de alimentos processados (são aqueles alimentos adicionados de açúcar e sódio principalmente, aqui fica como exemplo principal os enlatados) e evite o consumo de alimentos ultraprocessados (bolachas recheadas, molhos prontos, misturas para bolo, entre outros).
  6. Procure fazer suas refeições diárias em horários semelhantes. Evite “beliscar” nos intervalos entre as refeições. Coma sempre devagar e desfrute o que está comendo, sem se envolver em outra atividade.

O que mais pode evitar

Muitas vezes, a necessidade de comer a qualquer hora, ou “beliscar”, surge com mais frequência em momentos de crise ou em situações que nossa rotina muda de uma hora para outra como agora.

Normalmente acontece do consumo de guloseimas, salgadinhos “de pacote” e outros produtos industrializados fazerem parte desses momentos.

Portanto, é recomendável evitar ter esses produtos ao alcance da mão. Boas opções para ter ao alcance das mãos são frutas frescas ou secas e castanhas ou nozes.

Bônus

Desenvolver, exercitar e partilhar habilidades culinárias é uma boa pedida! Se você tem facilidade e gosta de cozinhar, procure desenvolver e compartilhar suas experiências com a família, principalmente com crianças.

melhorar imunidade
Os sucos ajudam na imunidade | Fonte Pxhere

Do mesmo modo, se você não tem habilidades culinárias, e isso vale para homens e mulheres, talvez seja um bom momento para desenvolvê-las. Que tal começar agora e experimentar esse suco super nutritivo para ajudar na imunidade? Confira o passo a passo.

Receita – suco da saúde

Ingredientes:

  • 1/2 pera
  • 1 laranja
  • 1/2 maçã
  • 2 cm de gengibre
  • Gelo
  • 2 copos de água

Modo de preparo:

Após higienizar os ingredientes bata todos no liquidificador. Se preferir adoce com açúcar demerara.

Em suma, peça mais dicas e receitas a familiares, amigos e colegas. Leia livros e consulte a internet também. Acredite, começar a cozinhar ou se desenvolver mais na cozinha pode ser uma BOA terapia, além de cuidar da alimentação e imunidade.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here