Abono extra do INSS foi aprovado? Entenda aqui

Ainda que destinado a beneficiários da Previdência, alguns requisitos precisariam ser preenchidos

0
1104
abono extra do INSS
Abono extra do INSS foi aprovado? Confira aqui (Imagem: O Petróleo)

O abono extra do INSS foi aprovado? Essa é uma pergunta que milhões de beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social têm feito desde que a possibilidade foi levantada. A criação da parcela adicional, portanto, é cercada de expectativa. Ela decorre de uma proposta popular apresentada por um cidadão brasileiro perante o Senado Federal.

Embora seja destinado aos beneficiários da Previdência Social, o abono não seria destinado a todos os beneficiários, mas apenas a quem preencher alguns requisitos específicos.

Também veja: Desempregadas também podem receber salário-maternidade? Entenda

abono extra do INSS
Aposentados e pensionistas estão dentre os beneficiários do INSS que aguardam a criação de uma parcela adicional. (Imagem: Exame)

O que é, qual o valor e quando será pago o abono extra do INSS

O pagamento extra para aposentados da Previdência Social seria destinado aos aposentados, pensionistas e beneficiários do benefício de prestação continuada (BPC) do INSS.

A proposta surgiu a partir de uma Sugestão Legislativa apresentada pelo baiano Jefferson Brandão Leone, perante o Senado Federal. Quando esse tipo de proposta é apresentada por um cidadão ela é colocada perante votação da população de forma online.

Assim, atingindo 20 mil votos favoráveis, ela passa a tramitar perante o próprio Senado. E foi exatamente isso o que aconteceu com a proposta do abono extra do INSS.

Qual o valor do abono e quem será beneficiado?

O valor proposto é de R$ 2 mil por beneficiário. Contudo, a proposta é restritiva quanto a quem pode ser beneficiado.

A Sugestão 15/2020 que atualmente está em análise na Comissão de Direitos Humanos para pagamento do abono extra do INSS se destina para pensionistas, aposentados e beneficiários do BPC.

Ela prevê que somente poderão ser beneficiadas pessoas cujo benefício é limitado a 03 salários mínimos mensais (R$ 3.135).

Quando será o pagamento da parcela extra

A proposta apresentada se justifica pela pandemia de Covid-19. Pois diversas famílias passaram a ser sustentadas unicamente pelos beneficiários do INSS, que não tiveram suas remunerações afetadas pela crise econômica.

Continue lendo: Férias do trabalho: pandemia pode postergá-las e afetar ainda mais a saúde dos trabalhadores

Entretanto, o pagamento do abono extra do INSS ainda depende de tramitação perante as casas legislativas e aprovação por elas.

Deixe seu comentário

Grupos do SaúdeLab

SaúdeLab no WHATSAPP
SaúdeLab no TELEGRAM

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here