13 Dicas Para Emagrecer e Perder Peso Rápido

Conheça dicas preciosas para perder peso com saúde!

Nunca se falou tanto em uma cultura fitness e em dietas alimentares visando o emagrecimento. Diariamente muitas pessoas procuram online dicas para emagrecer com rapidez, principalmente quando começa a se aproximar o verão.

Depois que seguir as dicas abaixo é só subir em sua balança digital e surpreender-se com os resultados!

Fato é que a maioria das dietas rápidas incluem sacrifícios e restrições alimentares perigosas. Primeiro porque elas inibem rapidamente a vontade da pessoa de continuar o processo de emagrecimento. Em segundo lugar e mais importante, as dietas radicais podem afetar negativamente a saúde do indivíduo.

Pensando nisso, resolvemos preparar uma lista de dicas poderosas e baseadas em recomendações médicas para que você perca barriga sem perder saúde. Elas envolvem receitas saudáveis para reeducar sua alimentação, assim como falam sobre o jejum intermitente e sobre a prática de exercícios físicos.

13 Dicas para uma perda de peso eficaz

dicas para perder peso

A premissa básica do emagrecimento é gastar mais calorias do que se consome. A princípio parece bastante simples, mas existem fatores subentendidos nessa equação que não são fáceis de perceber ou mesmo de colocar em prática.

De modo geral, perder peso passa primeiramente por uma alimentação saudável e pela prática regular de exercícios físicos. Mas há quem, mesmo seguindo esse processo, falha em reduzir as medidas. Por isso mesmo preparamos algumas dicas para emagrecer rápido!

1. Aumente a sua saciedade

Das muitas dicas de alimentação para emagrecer que podemos dar, a primeira tem a ver com saciedade. Uma pessoa saciada e sem fome com certeza acelera seu processo de emagrecimento. Invista, portanto, em uma dieta alimentar que envolva um bom consumo de fibras.

O consumo regular desse tipo de alimento fará com que você demore a sentir fome novamente após a ingestão das fibras. Amêndoas, aveia, linhaça são alguns dos alimentos fibrosos, assim como leguminosas, verduras e legumes.

2. Inclua no cardápio alimentos que aceleram o metabolismo

Todos os alimentos termogênicos são responsáveis por acelerar o metabolismo. A aceleração do metabolismo faz com que a queima de gordura seja maior, não só durante a atividade física como também em repouso. Café, pimenta, chá verde, gengibre e canela são alguns exemplos de alimentos com função termogênica indispensáveis em seu dia a dia.

Há outras dicas para emagrecer relacionadas à aceleração do metabolismo. Entre elas está, por exemplo, consumir alimentos que atuam diretamente na queima da gordura. Chá de hibisco e lichia são dois bons elementos que têm essa função.

Outra coisa importante é consumir alimentos que ajudem o corpo a desinchar e que têm poder anti-inflamatório. Oleaginosas em geral são bem-vindas, assim como alimentos ricos em ômega 3, como é o caso do atum, do abacate e do salmão.

3. Faça todas as refeições adequadamente

O jejum intermitente até pode aparecer aqui como uma das dicas para emagrecer. Mas fato é que o ideal mesmo é fazer todas as refeições importantes do dia e em seus horários adequados. E isso inclui fazer lanches saudáveis entre o café da manhã, o almoço e o jantar.

Por isso não renegue a importância de começar o dia com um desjejum completo. O café da manhã deve ser a refeição em que você mais ingere calorias. Entre ela e o almoço, coma uma fruta ou bolachas de água e sal, apenas para manter-se alimentado.

Já no almoço, tente comer menos calorias do que comeu no café da manhã. É uma ótima refeição, assim como é o jantar, para ingerir muitas fibras, de forma a manter-se saciado por mais tempo. Procure fazer outro lanche saudável no meio da tarde.

Jante cedo, por volta das 19 horas. Consuma o mínimo possível de calorias aqui, principalmente porque normalmente depois do jantar você não irá caminhar ou fazer qualquer tipo de atividade física. Um chá verde e uma fruta pouco calórica são boas escolhas para finalizar a noite.

4. Não faça dietas restritivas

emagrecer e perder a barriga

Como mencionamos anteriormente, algumas dietas acabam por restringir a alimentação, tornando-se uma experiência perigosa para a saúde da pessoa. Portanto evite essas que venham com dicas para emagrecer em 1 semana. Isso, infelizmente, não existe. O processo é mesmo demorado e precisa ser respeitado.

Exemplos como a dieta low carb podem ser mais danosas que benéficas se seguidas ao pé da letra e sem qualquer acompanhamento médico ou profissional. Uma dieta sem variedade, monótona e que oferece apenas os mesmos e poucos nutrientes não será eficiente.

5. Jamais abandone os carboidratos

Como mencionamos a dieta low carb, cabe salientarmos a importância dos carboidratos em uma alimentação equilibrada. Muito se ouve falar por aí que é necessário cortar esses alimentos, mas é uma grande inverdade. O segredo é equilibrar o seu consumo diário, sem exageros.

Além disso, é preciso ter conhecimento sobre quais tipos de carboidratos está ingerindo. Há alimentos que fornecem esse nutriente, mas que fornecem o carboidrato complexo, que demora a ser digerido e que não contribui tanto para o aumento de peso.

6. Reduza o consumo de sal e de açúcar

Das dicas para emagrecer, essa talvez seja a mais difícil de seguir para muitas pessoas. Afinal, todo mundo adora um docinho, seja um brigadeiro, uma barra de chocolate, aquele pudim da vovó ou um refrigerante. O problema é quando o consumo desses alimentos se torna um hábito incontrolável e diário.

Para que você tenha uma noção do quão grave esse hábito pode ser, uma lata de refrigerante de cola tem em média 35 gramas de açúcar e em torno de 140 calorias. Isso equivale a oito ou dez colheres de chá de açúcar. Já as calorias consumidas são equivalentes a 40 minutos caminhando em uma esteira elétrica.

Imagine, então, se conseguir cortar essas bebidas e outros produtos carregados em açúcar e sódio. Já causa uma diferença enorme em seu corpo, dando-lhe mais saúde e menos gordura acumulada.

7. Cuide as calorias que consome

Por falar em calorias, vamos a elas. Não é necessário fazer um cálculo preciso de quantas calorias consome por refeição ou por dia. Isso vai acabar lhe deixando louco e vai fazer desistir no meio do caminho de sua luta contra a balança.

Mas dar uma olhadinha nos rótulos dos alimentos é uma atitude inteligente e perspicaz. Não é necessário fazer a soma, porém é bem possível ter um panorama geral de quanto você consome por dia em termos calóricos ao fazer isso.

8. Defina seu peso ideal junto a um médico

emagrecimento e peso ideal

As calorias também estão relacionadas à definição de um peso ideal. É comum no mundo das dietas que as pessoas queiram consumir cerca de 1200 calorias diárias para perderem peso mais rápido e chegarem ao número ideal na balança. Saiba que há aí muitos erros.

O primeiro deles é que você deve consultar um médico ou nutricionista. Nessa consulta você deve descobrir seu peso ideal, o quanto está acima desse peso, medir sua porcentagem de gordura atual e entender quantas calorias você precisa por dia para manter-se saudável.

Digamos que você necessite de 2500 calorias diárias para manter seu corpo ativo e em perfeitas condições. Se cortar aí 1200 calorias, você poderá sentir-se fraco e desmaiar. Além, é, claro, de poder ter suas atividades cerebrais afetadas.

O ideal é definir o objetivo em termos de peso a atingir e um objetivo de calorias a gastar por dia dentro de todos os números que importam nessa equação.

9. Preste atenção na quantidade de água ingerida

Aparentemente essa é uma das dicas para emagrecer com saúde que não tem muita relação com a perda de peso em si. Saiba, contudo, que ela tem ligação direta com um processo de emagrecimento saudável e constante.

Primeiro porque a ingestão de pelo menos dois litros de água todos os dias faz com que o corpo não confunda a sensação de sede com a de fome. Quando isso ocorre, achamos que estamos precisados de comida e nos alimentamos em demasia sem necessidade. A água, portanto, atua, de certa forma, mantendo você saciado.

Por outro lado, a água é indispensável em todas as funções do organismo, incluindo aí a quebra de moléculas de gordura. Ela é fundamental, além disso, para a eliminação de toxinas que podem prejudicar seu processo de emagrecimento.

10. Evite o consumo de álcool

A expressão “barriguinha de cerveja” não é à toa. O consumo de bebidas alcoólicas em geral faz com que o fígado dê preferência em metabolizar as toxinas presentes nessas bebidas. Isso permite que as gorduras se acumulem rapidamente em seu corpo.

Com a cerveja é ainda pior, já que ela é considerada um pão líquido, principalmente aquelas feitas à base de trigo. Não é preciso cortar aquele happy hour com os amigos, mas procure moderar no consumo desses produtos. Pense no quão prejudicial pode ser a união de uma tábua de petiscos com choppe duas vezes por semana.

11. Pratique atividades físicas

emagrecimento saudável

Uma das dicas para emagrecer e perder barriga mais velhas de todas. Não há como evitar os exercícios físicos se você quiser perder peso e ficar mais magro com saúde e com eficiência. Mas também não é qualquer exercício que deve fazer, cuidando também com a frequência e com a intensidade que os pratica.

Em suma, é preciso haver um grande equilíbrio nessa questão. Em primeiro lugar, é interessante que converse com seus médicos para que seja liberado para exercícios cardiovasculares. Isso porque não basta apenas levantar pesos na academia para ver resultados em termos de emagrecimento.

Em segundo lugar, encontre um Personal Trainer, inscreva-se ou em uma academia e monte um plano de treinos equilibrados e de acordo com seus objetivos. Se você não gosta do ambiente das academias, pode começar a correr na rua. Afinal não é preciso muito mais do que os melhores tenis para corrida e motivação.

Caso nada disso seja do seu interesse, há outras atividades físicas que são alternativas eficazes à corrida e à musculação. Você pode aprender a nadar, se já não souber. É possível praticar yoga, uma arte marcial ou fazer pilates. Há esportes, como vôlei, tênis e futebol, que também são boas opções.

12. Tenha ótimas noites de sono

Essa é uma das dicas para emagrecer mais difíceis de seguir, infelizmente. Dormir bem é parte essencial do processo de emagrecimento, principalmente para quem pratica atividades físicas intensas. Se você se mantém muito tempo acordado além do necessário e se dorme nas horas erradas, a tendência é que você comece a engordar.

Primeiro porque se você ficar muito tempo em jejum, o corpo irá começar a acumular gordura, pois entende que deve guardar energia. Agora se você come e faz aquelas “boquinhas” fora de hora, você engorda ainda mais.

Por isso durma pelo menos 7 a 8 horas de sono todas as noites. Procure dormir cedo, sem interrupções, pois é quando dormimos que gastamos boa parte de nossas calorias.

13. Reeduque a sua alimentação

Só existe uma dieta eficiente em todo o mundo, e ela se chama reeducação alimentar. Por essa expressão entendemos aqui equilíbrio em seu cardápio, o que significa comer de tudo e absorver todos os nutrientes necessários a um corpo saudável. Entendemos, também, que comer de tudo não significa comer tudo que há no prato.

Além disso, diminuir o tamanho dos pratos e das porções também faz parte dessa busca por reeducar-se. Doe os pratos grandes e compre pratos menores. Sirva-se a metade das porções que comia antes, principalmente daqueles alimentos mais calóricos.

Quando dizemos que os pratos devem ser coloridos não é apenas para atrair a atenção das crianças. Portanto procure ocupar de 70 a 80% dos pratos de almoço e de jantar com legumes e saladas. Acrescente sementes e oleaginosas, pois possuem fibras e ômega 3. Mastigue devagar, com calma, não só para saborear, mas para dar tempo ao cérebro de processar que você está satisfeito.

Se for ingerir líquidos, ingira água. Sempre água. Sucos são saborosos e nutritivos, mas também contém açúcares, sejam eles naturais ou não. Tudo aqui é uma questão de equilíbrio que pode ser facilmente obtido se você gerir bem o próprio corpo e a própria mente. E a busca por equilíbrio é uma das maiores dicas para emagrecer que podemos lhe dar.

Emagrecer não é fácil, contudo uma mudança de atitude é fundamental nesse processo, pois ela emagrece seu psicológico, um dos grandes vilões da perda de peso.

 

 

 

 

 

Fonte: Resarch Gate

Fontes bibliográficas:

  • Cudjoe S, Moss S, Nguyen L, et al. Clinical inquiries. How do exercise and diet compare for weight loss? J Fam Pract. 2007;56:841-844.

Crédito das imagens: Unsplash