Ômega 3: para que serve, benefícios e mais

Saiba agora tudo sobre o ômega 3, benefícios, para que serve e como tomar

melhor omega 3

O Brasil produz e também tem acesso a muitos dos melhores suplementos de ômega 3. Mas, as embalagens e o preço de ômega 3 são variáveis. Neste artigo você vai ficar a saber tudo sobre ômega 3, para que serve e quais os seus principais benefícios.

O mais importante mesmo é saber onde comprar suplementos de ômega 3 legítimos. Todos os suplementos para compra online incluídos têm que ser marcas na lista de registro na Anvisa e são aprovados para o consumo de forma segura.

Nós sabemos muito bem tudo o que devemos riscar da dieta: gorduras saturadas, sódio e açúcar. Mas será que sabemos o que é necessário repôr? Um dos nutrientes mais importantes para a nossa saúde está cada vez mais escasso no organismo do brasileiro. Sim, estamos falando do ômega 3.

Quais tipos de ômega 3 tomar

Você já sabe onde encontrar, mas conhece o porquê de ele ser tão especial? Composto principalmente pelas gorduras ácido docosahexaeníco (DHA) e ácido eiosapentaenóico (EPA), o complexo do ômega 3 tem diversos benefícios para a saúde.

Ele deve ser incluído cada vez mais na dieta de crianças, adultos e idosos. Assim é sempre preciso saber onde comprar ômega 3 legítimo e quais lugares vendem os melhores suplementos de ômega 3.

Apesar de ser tudo de bom, é necessário estar atento quando você for fazer a compra do ômega 3 em suplemento. É preciso sempre verificar quais as marcas de ômega 3 aprovados pela Agência Brasileira de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Ômega 3: qual o melhor

ômega 3 antidepressivo

São pelo menos três os tipos de ácidos que chamamos ômega 3. Confira abaixo o que cada um faz e qual o melhor para você.

ALA – Ácido Alfalinolênico

Este ácido graxo está presente em uma série de óleos vegetais, nozes e sementes, como a da linhaça. É o tipo de ômega 3 mais comum na nossa alimentação e é o mais completo.

Ele pode converter-se nos outros dois tipos de ácidos graxos após ser ingerido. Porém, alguns fatores, como o tabagismo e os maus hábitos alimentares, podem inibir essa vantagem.

EPA – Ácido Eicosapentaenoico

Está no salmão, em alguns outros peixes e no leite. O EPA é o que tem maior poder anti-inflamatório. Ele auxilia as reações das enzimas que são responsáveis pela produção de prostaglandinas.

Essa substância atua nas defesas do organismo e ajuda a neutralizar de moléculas que possam nos fazer mal.

É também esta gordura que está altamente ligada a saúde do nosso coração. Quem ingere ômega 3 deste tipo, previne a celulite inflamatória, a artrite e uma série de outras doenças inflamatórias.

DHA – Ácido Docosa-Hexaenoico

É conhecido como o marinho e é o ômega 3 para gestante mais importante, pois é essencial no bom desenvolvimento fetal. Além disso, ele atua na formação da retina dos olhos e favorece os processos cognitivos.

Nas crianças, ele pode ajudar a diminuir patologias relacionadas ao desvio de atenção. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o consumo recomendado de EPA e DHA diário é de 0,3 a 0,5 gramas. Já o ALA é de 0,8 a 1,1 gramas.

Porém, certifique-se que tem uma boa fonte de ômega 3, livre de metais pesados. Caso contrário, você estará consumindo um produto que poderá te causar danos a longo prazo.

Onde encontrar o ômega 3

omega 3 nozes

A fonte alimentar mais comum e conhecida são os peixes de águas profundas e frias como salmão e atum. Estes peixes são os mais procurados para obter ômega 3, mas as sardinhas, as trutas e os arenques também são ricos em DHA e EPA (os dois ácidos que falamos anteriormente e que estão ligados diretamente à saúde do coração).

Inclusive, a American Heart Association (associação americana de cardiologia) recomenda, pelo menos, duas porções destes peixes por semana para manter o níveis de triglicérides sob controle. É possível encontrar também bons níveis de ômega 3 em ovos orgânicos ou enriquecidos.

O nutriente fica localizado apenas nas gemas, então pode aproveitar para começar o dia com um bom omelete ou ovos inteiros e cozidos.

Veja abaixo uma tabela com outros alimentos que contêm a substância e quantas calorias eles têm.

Alimento Porção Quantidade em ômega 3 Energia
Sardinha 100 gramas 3,3 gramas 124 calorias
Arenque 100 gramas 1,6 gramas 230 calorias
Salmão 100 gramas 1,4 gramas 211 calorias
Atum 100 gramas 0,5 gramas 146 calorias
Sementes de chia 28 gramas 5,06 gramas 127 calorias
Sementes de linhaça 20 gramas 1,6 gramas 103 calorias
Nozes 28 gramas 2,6 gramas 198 calorias

 

Crédito das imagens: Unsplash